busca
| | |




Você está em
autor Lucas Motta
31/08/2010 18:49:33 - Atualizado em 31/08/2010 18:49:33 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Temperatura e doença podem impedir supersafra

Temperatura e doença podem impedir supersafra de soja nos Estados Unidos

Uma boa notícia para o produtor brasileiro. A safra recorde de soja, anunciada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos na primeira quinzena deste mês, pode não ocorrer.

Deverá haver redução no potencial produtivo, o que, apesar do aumento de área plantada, não vai gerar uma supersafra.

Mesmo assim, a safra deverá ser grande e ficar próxima da de 2009.

Desde a mais recente divulgação de dados do Usda, dois problemas surgiram nas lavouras norte-americanas, segundo o analista Fernando Muraro Jr., da AgRural, que está no Estado de Indiana.

O primeiro foi uma epidemia de "síndrome da morte súbita" em Iowa, devido à umidade. Calcula-se que metade da área de soja do Estado foi atingida, mas o impacto da doença fúngica ainda é uma incógnita.

A doença varia conforme o estágio de desenvolvimento em que cada lavoura está.

O segundo problema foi a combinação de altas temperaturas e pouca chuva em algumas áreas nos Estados do leste do Meio-Oeste norte-americano neste mês, durante o enchimento de grãos.

Ainda que não se possa falar em quebra, o potencial produtivo de parte das lavouras foi afetado. "A produtividade está mais para a linha de tendência do que para a de supersafra", afirma o analista da AgRural.

Com isso, a expectativa é que o próximo relatório do Usda, que deverá ser divulgado em setembro, aponte para uma safra de 91,4 milhões de toneladas, volume igual ao da temporada passada, segundo Muraro.

As estimativas iniciais do Usda eram de uma safra de 93,4 milhões de toneladas no período 2010/11.

Grande compra
 
Uma empresa do Qatar estaria comprando uma usina brasileira. Os números são grandes: seria uma unidade com moagem de 25 milhões de toneladas por safra e com mix de 70% da cana voltada para açúcar e outros 30% para álcool.

Difícil Consultados, analistas do setor acharam uma negociação difícil, uma vez que, com esse volume de moagem, a empresa estaria adquirindo uma das líderes brasileiras de produção.

Área maior
 
Os produtores do Rio Grande do Sul vão elevar em 1% a área de plantio nesta safra, segundo dados da Emater. A área ocupada seria de 6,4 milhões de hectares. Arroz e soja serão os destaques da evolução deste ano.

Líder
 
A área de arroz crescerá 4,2%, subindo para 1,15 milhão de hectares. Já a de soja vai a 4,1 milhões, com crescimento de 1,5%. A evolução se dará em cima do milho, que terá área 3,7% menor.

Escassez de gado continua e arroba vai a R$ 92 em SP

O cenário na oferta de boi não mudou e os preços voltaram a subir. A arroba de boi pronto para o abate subiu ontem para R$ 92 no noroeste do Estado de São Paulo, conforme acompanhamento de preços do "Boletim Pecuário Diário" da AgraFNP.

E esse cenário pode não ter alteração nas próximas semanas, uma vez que as estatísticas indicam menos gado confinado do que se previa, segundo a Assocon (associação dos confinadores).

A alta nos preços da carne bovina sustenta também a de frango, que foi para R$ 1,70 o quilo da ave viva nas granjas paulistas. Já a carne suína, contrariando as demais, passou por um pequeno reajuste e recuou.
fonte:Folha de São Paulo


TAGS


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.