busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
10/08/2010 17:32:57 - Atualizado em 10/08/2010 17:32:57 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Programação 43º Congresso Brasileiro de Fitopatologia

O 43º Congresso Brasileiro de Fitopatologia, promovido pela Sociedade Brasileira de Fitopatologia (SBF),com o apoio da EMBRAPA,UFMT, UNIVAG centro universitário,FAPEMAT evidencia sua abrangência e integração à nível de rede de Ensino, Pesquisa, Extensão e de prestação de serviço à Sociedade dentro da área de Sanidade Vegetal no país.

Tal evento será realizado no período de 15 a 19 de agosto de 2010 em Cuiabá, dispondo portanto de ampla infraestrutura e excelentes pontos turísticos eficientemente divulgados, pela Prefeitura do Estado.

O tema do Evento é "Fitopatologia no Agronegócio", na Programação Científica terão Palestras, Mesas Redondas, Sessões de Pôsteres e Orais, Grupos de Discussão, Mini-cursos, espera-se sem dúvida uma efetiva participação da comunidade científica e de seus acompanhantes.

Sem qualquer dúvida, tal Evento será inesquecível para toda a Comunidade Científica e seus acompanhantes seja na forma de conhecimento científico bem como no aspecto social e humano.

Sejam bem-vindos e participem com o mesmo entusiasmo dedicado pela equipe organizadora do Evento.

Palestrantes

ACELINO COUTO ALFENAS
Sua pesquisa envolve Etiologia, epidemiologia e controle de doenças florestais, especialmente de eucalipto. Nos últimos anos, dedica-se a pesquisas que visam o entendimento da base genética das interações patógeno-hospedeiro visando à minimização de riscos de doenças em plantações florestais.
http://lattes.cnpq.br/2514320654462590

AILTON ROCHA MONTEIRO
Engenheiro-agrônomo pela ESALQ/USP/Piracicaba (SP), graduado em 1964; Doutorado: ESALQ/USP/Piracicaba (SP) - Tese: Dorylaimoidea de cafezais paulistas (Nemata: Dorylaimida). Ano de obtenção: 1970; Livre-Docência: ESALQ/USP/Piracicaba (SP) - Tese: Sistemática atual de Actinolaimoidea (Nemata: Dorylaimida) e estudo de algumas espécies brasileiras. Ano de obtenção: 1975; Docente (Prof. Titular) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - Universidade de São Paulo - Piracicaba, no então Departamento de Zoologia (1965-1997). Após a aposentadoria, tem-se mantido vinculado ao atual Departamento de Fitopatologia e Nematologia da Instituição na condição de docente permissionário.

ALDERI EMIDIO DE ARAÚJO
É Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade Federal da Paraíba (1987), Mestre em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa, Viçosa-MG (1994) e Doutor em Agronomia (Fitopatologia) pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo em 2008. É pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária-EMBRAPA desde setembro de 1989, tendo trabalhado na EMBRAPA Amazonia Ocidental, em Manaus-AM, entre 1989 e 1997, com doenças da seringueira, principalmente com o controle da mancha areolada e do mal-das-folhas e com epidemiologia e controle do anel vermelho do dendezeiro. Desde 1997 é pesquisador da EMBRAPA Algodão, atuando no programa de melhoramento do algodoeiro visando resistência a doenças para o cerrado brasileiro. Atua principalmente nos seguintes temas: resistência do algodoeiro a doenças, controle das principais doenças do algodoeiro, controle químico e cultural, manejo da doença azul, patologia de sementes, controle das principais doenças da mamoneira, epidemiologia e controle da ramulose do algodoeiro, doenças do gergelim e do amendoim e doenças do sisal. Foi Chefe Adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da EMBRAPA Algodão no período de 1999 a 2003 e é atual Secretário Executivo da Associación Latinoamericana de Investigación y Desarrolo del Algodón - ALID.
http://lattes.cnpq.br/3283020832500600

ALEXANDER V. KARASEV
Junior Scientist, Institute of Microbiology, Academy of Sciences, Moscow, Russia; Scientist, Institute of Microbiology, Academy of Sciences, Moscow, Russia; Senior Scientist, Institute of Microbiology, Academy of Sciences, Moscow, Russia; Postdoctoral Research Associate, Department of Plant Pathology, University of California, Riverside; Assistant in Plant Virology, Department of Plant Pathology, University of Florida, Lake Alfred; Visiting Scientist, National Institute of Fruit Tree Science, Okitsu, Shizuoka, Japan; Assistant Professor, Department of Microbiology and Immunology, Thomas Jefferson University, Philadelphia, Pennsylvania; Assistant Professor, Department of Plant, Soil, and Entomological Sciences, University of Idaho, Moscow; Senior Editor, Phytopathology; Associate Editor, Phytopathology; Reviewer, National Science Foundation; Reviewer, US-Israel Bi-national Agricultural Research and Development Fund; Reviewer, Biology and Management of Pest and Beneficial Organisms, National Research Initiative Competitive Grant Program, United States Department of Agriculture.
ÁLVARO FIGUEIREDO DOS SANTOS
Álvaro Figueiredo dos Santos concluiu o doutorado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa em 1991. Atualmente é Pesquisador III da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Publicou 55 artigos em periódicos especializados e 138 trabalhos em anais de eventos. Possui 10 capítulos de livros e 6 livros publicados. Possui 25 itens de produção técnica. Co-orientou 1 dissertação de mestrado, além de ter orientado 8 trabalhos de iniciação científica e 2 trabalhos de conclusão de curso nas áreas de Recursos Florestais e Engenharia Florestal e Agronomia. Recebeu 3 prêmios e/ou homenagens. Atualmente coordena 4 projetos de pesquisa. Atua na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia. Em suas atividades profissionais interagiu com 165 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos.

http://lattes.cnpq.br/1181199965618168
ANDRÉ FELIPE CARRAPATOSO PERALTA DA SILVA
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (1990). Atualmente é Fiscal Federal Agropecuário, Chefe da Divisão de Vigilância, Prevenção e Controle de Pragas do Departamento de Sanidade Vegetal/Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitossanidade, atuando principalmente nos seguintes temas: proteção de plantas, prevenção e controle de pragas.
http://lattes.cnpq.br/3723850131305346

ANTONIA DOS REIS FIGUEIRA
Possui Licenciatura Plena em Química e Graduação em Química pela Universidade de Ribeirão Preto (1976), mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Estadual de Campinas (1980) e doutorado em Biologia Vegetal pela Universidade Estadual de Campinas (1983). Fez especialização em diagnose de vírus em batata por DAS-ELISA no "Research Institute For Plant Protection"/ Wageningen Holanda, no período de julho a novembro de 1987, um pós Doutorado na "University of Illinois" - USA, no período de 1992-1994 e outro pós Doutorado na "University of Maryland", no periodo de 2000-2001. Atualmente é professora Titular da Universidade Federal de Lavras, onde ingressou em 1982. É Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitopatologia da UFLA (2008-2012), membro da Comisão de Sementes e Mudas de Minas Gerais (Subcomissão Batata), Membro do Comitê Gestor da Câmara Técnica de Batata de Minas Gerais e Coordenadora do Centro de Indexação de Vírus de Minas Gerais.Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia/Virologia Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: viroses de batata (Solanum tuberosum l.), de café (Coffea arabica l.) e de hortaliças em geral, envolvendo estudo biológico, molecular detecção de vírus em sementes verdadeiras e/ou unidades propagativas.
http://lattes.cnpq.br/2571604228113664

ANTONIO MARCIO BUAINAIN
Possui graduação em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1977), graduação em Ciências Econômicas pela Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (1980) e doutorado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (1999). Atualmente é professor assistente doutor da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Agrária, atuando principalmente nos seguintes temas: reforma agrária, agricultura familiar, inovação tecnológica, biotecnologia e agronegócio.
http://lattes.cnpq.br/3051627641386529

AUGUSTO CÉSAR PEREIRA GOULART
Engenheiro Agrônomo, possui mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Lavras (1984). Atualmente é pesquisador - EMBRAPA Agropecuária Oeste, Dourados, MS. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: patologia de sementes e tratamento de sementes com fungicidas nas culturas de soja, algodão, trigo, milho e feijão.
http://lattes.cnpq.br/2736818934067790

CARLOS ALBERTO LOPES
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1973), mestrado em Fitopatologia pela Universidade de Wisconsin - Madison (1977) e doutorado em Fitopatologia pela Universidade da Florida (1986). É pesquisador da EMBRAPA Hortaliças desde 1977 e professor colaborador da Universidade de Brasília a partir de 1986. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: melhoramento para resistência a doenças, controle integrado de doenças e doenças bacterianas. Desenvolve pesquisa com hortaliças, em especial com batata, tomate e pimentas. Foi Chefe de P&D da EMBRAPA Hortaliças entre 2005 e 2008. Recebeu vários prêmios e disntinções da EMBRAPA, Emater DF, Sociedade Brasileira de Fitopatologia e Associações de Produtores de Batata. É Editor Associado da Horticultura Brasileira e revisor científico de várias revistas nacionais e internacionais. É membro do Comitê de Agronomia do CNPq desde 2006, sendo seu Coordenador de 2007 a 2009.
http://lattes.cnpq.br/2640033045549247

CARLOS ALBERTO OLIVEIRA DE MATOS
Concluiu o doutorado em Agronomia (Proteção de Plantas) [Botucatu] pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho em 2005. Atualmente é Professor Assistente Doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Publicou 10 artigos em periódicos especializados e 15 trabalhos em anais de eventos. Possui. Participou de 19 eventos no Brasil. Orientou 2 trabalhos de iniciação científica (em domínios de conhecimento não especificados). Recebeu 6 prêmios e/ou homenagens. Atualmente coordena 2 projetos de pesquisa. Em suas atividades profissionais interagiu com 41 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos.
http://lattes.cnpq.br/8267540808392611

CARLOS ALEXANDRE OLIVEIRA GOMES
Especialista em Toxicologia Aplicada a Vigilância Sanitária - Tema da Monografia: Avaliação do risco dietético e ocupacional do herbicida paraquate para a população e trabalhadores rurais no Brasil - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA. Início 2008 e término em 2009.
CARLOS ROBERTO CASELA
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (1973), mestrado em Fitomelhoramento pela Universidade Federal de Pelotas (1978) e doutorado em Fitopatologia - Texas A& M University (1992). Atualmente é pesquisado da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: resistência genética a doenças de milho e de sorgo, variabilidade de agentes patogênicos, manejo da resistência genética a doenças e influência do hospedeiro na dinâmica populacional de patógenos.
http://lattes.cnpq.br/7570288921483888

CÉLIA REGINA TREMACOLDI
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (1991), mestrado em Agronomia (Microbiologia Agrícola) pela Universidade de São Paulo (1997) e doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade de São Paulo (2001). Pós-Doutorado em Bioquímica e Microbiologia pela Universidade Estadual Paulista & quot; Júlio de Mesquita Filho & quot; Instituto de Biociências (2003). Atualmente é Pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa Amazônia Oriental, Belém-PA, trabalhando principalmente com as culturas da pimenta-do-reino, mandioca, do dendê e do coco, assim como com doenças das espécies florestais paricá, mogno africano, teca, tachi branco, acácia e eucalipto. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: fisiologia e bioquímica do parasitismo, controle biológico de patógenos veiculados pelo solo, proteases, enzimologia, inibidores de proteases e biologia molecular.
http://lattes.cnpq.br/4093277309876942

CELSO DORNELAS FERNANDES
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1985), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (1988) e doutorado em Agronomia /Área de Concentração em Proteção de Plantas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003). É pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA desde 1989 e professor credenciado pela Capes como docente e orientador na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, no Programa de Mestrado em Agronomia-Produção Vegetal. As principais linhas de pesquisa que atua são: Doenças de plantas forrageiras; Melhoramento de plantas forrageiras visando resistência a doenças; Patologia de sementes de forrageiras tropicais e; Manejo integrado de doenças de plantas. Obteve resultados de pesquisa que contribuíram para o lançamento comercial das cultivares Xaraés e Piatã, de Brachiaria brizantha; de Tanzânia, Mombaça e Massai, de Panicum maximum; do Estilosantes Mineirão e Estilosantes Campo Grande (principal responsável), de Stylosanthes spp. É consultor "ad hoc" das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa dos Estados de MT e MS e do CNPq. Também, é revisor de artigos das revistas Summa Phytopathologica, Tropical Plant Pathology e Pesquisa Florestal Brasileira. Já recebeu vários prêmios, sendo o último da EMBRAPA, na Categoria tecnologia desenvolvida, o Estilosantes Campo Grande.
http://lattes.cnpq.br/6423574358732627

CELSO GARCIA AUER
Celso Garcia Auer concluiu o doutorado em Agronomia pela Universidade de São Paulo em 1991. Atualmente é Pesquisador Científico da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e Professor credenciado da Universidade Federal do Paraná. Publicou 55 artigos em periódicos especializados e 190 trabalhos em anais de eventos. Possui 8 capítulos de livros e 6 livros publicados. Participou do desenvolvimento de 47 produtos tecnológicos. Participou de 7 eventos no Brasil. Orientou 5 dissertações de mestrado e 1 tese de doutorado e co-orientou 2 tese de doutorado, além de ter orientado 6 trabalhos de iniciação científica e 9 trabalhos de conclusão de curso nas áreas de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, Ciência e Tecnologia de Alimentos e Microbiologia. Recebeu 3 prêmios e/ou homenagens. Entre 1985 e 2004 participou de 6 projetos de pesquisa, sendo coordenador de 2 destes. Atualmente participa de 5 projetos de pesquisa. Atua na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Microbiologia e Proteção Florestal.
http://lattes.cnpq.br/6039789610056723

CELSO LUIZ MORETTI
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1990), especialização em engenharia de produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003), mestrado (1993) e doutorado (1998) em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa. Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, lotado no Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças (EMBRAPA Hortaliças), professor convidado do Departamento de Horticultura da Universidade da Florida, Gainesville, EUA, desde 2006, e professor colaborador e orientador de estudantes de pós-graduação dos departamentos de Ciências da Saúde e Nutrição Humana da Universidade de Brasília. Exerce a função de consultor ad-hoc do CNPq e de diversas revistas técnico-científicas como Journal of the Science of Food and Agriculture, HortTechnology, Horticultura Brasileira, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Ciência e Agrotecnologia, Ciência Rural e Revista Brasileira de Armazenamento. É membro da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos e da Associação Brasileira de Horticultura. Atua como membro convidado do comitê CODEX ALIMENTARIUS - Brasil no comitê de frutas e hortaliças frescas desde 2005. Exerceu a função de consultor ad-hoc de diversas instituições de apoio à pesquisa, ensino e extensão como CAPES, FAPESP, FAPEMIG e FAP-DF. Foi editor associado da revista Horticultura Brasileira entre 2001 e 2005. Foi professor visitante da Faculdade de Engenharia Agrícola da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) entre 2002 e 2005. Em 2004 foi consultor do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD) para a China. Foi consultor do Fundo Regional de Tecnologia Agropecuária (FONTAGRO), do Banco Interamericano de Desenvolvimento, em 2007, e do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Colômbia, em 2008. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Fisiologia Pós-Colheita, atuando principalmente nos seguintes temas: qualidade, hortaliças, pós-colheita, armazenamento, segurança dos alimentos, rastreabilidade, compostos bioativos e processamento mínimo. É, atualmente, Chefe-Geral da EMBRAPA Hortaliças, em Brasília, DF.
http://lattes.cnpq.br/1046003597196285

CLAUDIA VIEIRA GODOY
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade de São Paulo (1992), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade de São Paulo (2000). Trabalhou como pesquisadora em desenvolvimento de produtos na Empresa Zeneca/Syngenta (1999 - 2002) e atualmente é pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA Soja). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: epidemiologia e controle de doenças.
http://lattes.cnpq.br/7176435560478135

CLAUDIO MARCELO GONÇALVES DE OLIVEIRA
Engenheiro Agrônomo formado pela ESALQ/USP em 1993, mestre em ciências pela mesma universidade em 1996 e concluiu o doutorado no Scottish Crop Research Institute - University of Dundee, Dundee, Escócia, em 2004. Atualmente é Pesquisador Científico do Instituto Biológico. Recebeu o prêmio SABRI 2004. Atua na área de Agronomia, com ênfase em Nematologia de Plantas. Em suas atividades profissionais interagiu com aproximadamente 100 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos.
http://lattes.cnpq.br/6512206361827009

CLEBER NOVAIS BASTOS
possui graduação pela Faculdade de Agronomia do Médio São Francisco (1968), mestrado pelaUniversidade de São Paulo (1974) , doutorado em Doutorado pela Universidade de País de Gales (1984), doutorado em Pós-doutorado pela University of Sheffield (1993) e pós-doutorado pela University of Sheffield (1993) . Atualmente é PESQUISADOR PRINCIPAL do Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, Pesquisador do Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira e Pesquisador do Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitossanidade. Atuando principalmente nos seguintes temas: Cladobotryum Amazonense, Cacau.
http://lattes.cnpq.br/6463435242973169

CRISTIANO LACORTE
Pesquisador da EMBRAPA Recursos Genéticos e Biotecnologia desde 1995, sendo atualmente da equipe do Laboratório de Expressão de Genes. Biólogo, tem mestrado em genética e doutorado em Plant Science pela Wageningen University and Research Centre (Holanda). Tem experiência na área de Biotecnologia vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas:cultura de tecidos de plantas, transformação genética de plantas, estudo da expressão gênica e expressão de proteínas heterólogas em plantas.
http://lattes.cnpq.br/2995101811125043

DAVID DE SOUZA JACCOUD FILHO
Graduado em Biologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1978), graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (1983), Mestrado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa (1988) e Doutorado (Ph.D.) em Fitopatologia/Biologia Molecular - University of Cambridge (1996). Professor Associado da Universidade Estadual de Ponta Grossa nas disciplinas de Manejo e Controle de Doenças de Plantas (Curso de Mestrado), Fitopatologia Aplicada e Patologia de Sementes (Curso de Agronomia). Professor visitante da Universidade Estadual de Maringá. Coordenador do Programa de Mestrado em Agronomia da UEPG. Trabalha há 31 anos na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia Aplicada a diversas culturas agrícolas de importância econômica, atuando principalmente nos seguintes temas: Manejo e Controle de Doenças de Culturas Agrícolas, Diagnose de Doenças de Plantas, Métodos de Detecção Convencionais e Moleculares de Patógenos em Plantas, Patologia de Sementes e Doenças Pós-Colheita
http://lattes.cnpq.br/7375761771468979

DÉCIO LUIZ GAZZONI
Pesquisador da Embrapa; Técnico em Viticultura e Enologia pela Escola de Viticultura e Enologia, atual CEFET; Graduação em Engenharia Agronômica pela Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Pesquisador I da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária; Mestrado em Entomologia pela Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Pesquisador II do Centro Nacional de Pesquisa de Soja da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária; Presidente do Congresso Internacional de Entomologia; Presidente do Congresso Brasileiro de Soja; Membro Permanente do International Scientific Panel on Renewable Energy do International Council for Science; Presidente da Conferencia Internacional de Agroenergia; Consultor Internacional do Instituto Interamericano de Ciências Agrárias para elaboração da proposta de um Programa de Agroenergia apresentado no Cumbre de las Américas, em Trinidad y Tobago; Consultor Internacional do Governo do Uruguay, para elaboração do projeto de Modernização Institucional do Departamento de Sanidad Agropecuária da Republica Oriental do Uruguay; Gerente de Projeto da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da Republica.

DEJÂNIA VIEIRA DE ARAUJO
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Mato Grosso (2002), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Lavras (2004) e doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Lavras (2008), atuando principalmente nos seguintes temas: epidemiologia, biologia molecular, gossypium hirsutum, ramulose e fusariose do algodoeiro e patologia de sementes. Atualmente, é professora efetiva do Departamento de Agronomia da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) Campus de Tangará da Serra atuando nas disciplinas de Fitopatologia e Sementes e Mudas.
http://lattes.cnpq.br/3826330763207301

ÉDER ANTÔNIO GIGLIOTI
Engenheiro Agrônomo formado na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP, Piracicaba, SP, com Mestrado e Doutorado pela mesma universidade e pós-doutorado no Centre de Coopération Internationale en Recherche Agronomique pour lê Développement - Cirad, Montpellier, França, trabalhou durante 10 anos, no Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-açúcar da Universidade Federal de São Carlos. Em 1999, estruturou e passou a coordenar o Laboratório de Fitopatologia Molecular e Engenharia Genética no Centro de Ciências Agrárias da UFSCar, que logo no seu início passou a integrar a rede de laboratórios de genômica da FAPESP. Após o seqüenciamento do genoma da cana-de-açúcar, passou a integrar o grupo AEG da FAPESP para o seqüenciamento de organismos de interesse agrícola ou ambiental. Desenvolveu vários projetos para a caracterização molecular e desenvolvimento de kits diagnósticos de fungos, bactérias e plantas. Participou do processo de melhoramento de 10 variedades de cana-de-açúcar RB que, além de alta produtividade e riqueza em açúcar, apresentam alto nível de resistência às principais doenças, razão porque estão hoje entre as mais plantadas na região centro-sul do Brasil. Em 2002 foi um dos idealizadores e responsáveis pelo Plano de Negócios da CanaVialis S.A., uma empresa de melhoramento genético da cana-de-açúcar fundada com capital de risco do Grupo Votorantim. No início de 2003 foi sócio fundador da CanaVialis e, até final de 2004, Diretor de Biotecnologia, quando implantou a Biofábrica para a regeneração e multiplicação de plantas de cana-de-açúcar por cultura de tecidos. Tem trabalhado na Bioenergia do Brasil S.A. como Gestor de Tecnologia e Inovação, sendo também o coordenador do Projeto Seleção, Caracterização Molecular e Formulação de Fungos Entomopatogênicos para o Controle da Broca da Cana-de-açúcar, já aprovado pela FINEP Subvenção Econômica 2007 (Ref.: 1745/07). Atualmente, coordena o Grupo de Pesquisas em Energia e Biotecnologia (GENEBIO) das Faculdades Adamantinenses Integradas - FAI. Também coordena os cursos de pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica e Tecnológica da Agroindústria Sucroalcooleira na Faculdade do Interior Paulista e os de Gestão Estratégica e Tecnológica da Produção de Bioenergia e o de Gestão da Biotecnologia da FAI. Sócio Fundador da Genecana Gestão Empresarial Estratégica e Tecnológica Ltda. Em 2009 Fundou a SMARTBIO Desenvolvimento Tecnológico Ltda. que no mesmo ano recebeu auxílio de subvenção do PROGRAMA PRIME FINEP.
http://lattes.cnpq.br/4151969603820945

EDIVAL ÂNGELO VALVERDE ZAUZA
Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (1997), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (2000) e doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (2007). Tem experiência na área de Engenharia Florestal, atuando principalmente nos seguintes temas: resistência a doenças, proteção florestal e melhoramento genético de eucalipto. No setor privado atuou como Coordenador de Tecnologia Florestal do grupo StoraEnso no Rio Grande do Sul, onde desenvolveu atividades gerencial de projetos e experimentos nas áreas de proteção florestal, melhoramento genético, biotecnologia, solos e nutrição, e manejo florestal. Atualmente, faz parte da equipe de pesquisadores da Suzano Papel e Celulose, com trabalhos na área de melhoramento genético e proteção florestal.
http://lattes.cnpq.br/7064703296745736

EDNAR WULFF
More than 10 years working experience with development, implementation and training in disease control strategies (e.g. botanical pesticides, biological control agents, resistant varieties, fungicides, decision support systems, etc) for agricultural and horticultural crops under tropical and temperate conditions. Seed health testing and diagnostic of seed-borne bacterial and fungal pathogens, including mycotoxin producing agents. Molecular identification and characterisation of genes involved in pathogenesis and plant resistance. Seed supply systems and pest risk analysis.

EDSON AMPÉLLIO POZZA
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Uberlândia (1991), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Lavras (1993) e doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (1997). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal de Lavras, sócio da Sociedade Brasileira de Fitopatologia. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: epidemiologia, cafeeiro, soja, nutrição e doenças e sistemas de apoio a decisão.
http://lattes.cnpq.br/5436205577171795

EDSON LUIZ FURTADO
Graduou-se em Agronomia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1982), Curso de especialização em Seringueira, na Faculdade de Ciências Agronômicas do Pará, em 1985, Mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é professor assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, responsável pelas disciplinas de Microbiologia e Patologia Florestal (Graduação), Fungos fitopatogênicos, Epidemiologia e Introdução à Proteção de Plantas (Pósgraduação). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: eucalyptus, seringueira, citrus, fungos fitopatogênicos, doenças de viveiro, doenças do tronco, doenças foliares. Sua produção científica é sobre: Etiologia, Resistência de Plantas à doenças, Técnicas moleculares aplicadas a resistência de plantas, Epidemiologia, Controle e Manejo de doenças florestais.
http://lattes.cnpq.br/3845989485833395

EDUARDO ROBERTO DE ALMEIDA BERNARDO
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Mato Grosso (1999), mestrado em Agronomia (Entomologia Agrícola) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002) e Doutorado de Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2007). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Defesa Fitossanitária, atuando principalmente nos seguintes temas: controle químico e biológico de pragas e doenças, manejo de pragas e doenças e microscopia eletrônica.
http://lattes.cnpq.br/8317485255701330

ERLEI DE MELO REIS
Concluiu a graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1964), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade de São Paulo - Esalq (1972) e doutorado em Fitopatologia - Washington State University (1980). Foi pesquisador da EMBRAPA - Trigo durante 20 anos. Atualmente é professor titular da Universidade de Passo Fundo e também leciona na Universidade de Buenos Aires. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando em diversas culturas: Triticum aestivum, Zea mays, Hordeum vulgare, Glycine max, Plantio direto, Controle químico, Quantificação de Danos, Previsão de doenças de plantas e
Patologia de sementes.
http://lattes.cnpq.br/6225704270607677

FABRICIO EUSTÁQUIO LANZA
Graduado em agronomia pela Universidade Estadual de Montes Claros - 2007. Mestrado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa - 2009.
http://lattes.cnpq.br/3309467480216250

FERNANDO CEZAR JULIATTI
O pesquisador possui graduação em Agronomia pela Escola Superior de Agricultura de Lavras (1981), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (1985) e doutorado em Agronomia (Melhoramento de Plantas) pela Universidade Federal de Lavras em 1994. Foi chefe do Departamento de Agronomia da UFU no biênio 1995 e 1996. Presidiu de 1998 a 2000 a implantação do Programa de Pósgraduação em Fitopatologia da UFU (mestrado e doutorado). Sendo seu primeiro coordenador no período de 2000-01.Foi diretor do Instituto de Ciências Agrárias da UFU de 2001 a 2004. Foi presidente da Sociedade Brasileira de Fitopatologia no biênio 2003-2004. Atualmente é professor Titular da Universidade Federal de Uberlândia. Foi Diretor Técnico da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. É Conselheiro Efetivo Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia MG.Revisor científico de importantes periódicos brasileiros como: Fitopatologia Brasileira, Pesquisa Agropecuária Brasileira,Horticultura Brasileira, Ciência e Agrotecnologia,Fruticultura Brasileira, Bioscience Journal(editor), Ciência Rural,Crop Breeding,etc.Membro das Sociedades Brasileiras de Fitopatologia, Melhoramento de Plantas e Horticultura Brasileira além do Grupo Paulista de Fitopatologia. Consultor técnico nas áreas de milho e soja em problemas fitopatológicos do Cerrado Brasileiro. Defendeu em suas publicações e palestras a implantação do vazio sanitário para o controle da ferrugem asiática da soja no Brasil.Proferiu mais de 200 palestras para produtores de soja e milho no uso de tecnologias para o manejo integrado e sustentável da Agricultura Brasileira.Desenvolveu junto á equipe de Melhoramento de Plantas da UFU linhagens de soja, tomateiro e feijoeiro com resistência múltipla aos fitopatógenos. Lançou junto a mesma equipe 05 cultivares de soja protegidas para o cerrado brasileiro com resistência múltipla a importantes patossistemas da soja, inclusive com resistência parcial para a ferrugem asiática. Presidiu a Comissão organizadora do Congresso Brasileiro de Agroenergia e o Primeiro Simpósio Internacional sobre biocombustível.Coordenou a Câmara de Agronomia da CREA-MG nos anos de 2008 e 2009 e a Coordenação Nacional de Agronomia do sistema CREA/CONFEA, no ano de 2009. Presidente do comitê gestor para implantar a Associação Latino Americana de Agroenergia e Biocombustível, com cooperação inicial entre Brasil, Argentina e Colômbia.Coordenador do Comitê Latino-Americano sobre estudos sobre Sclerotinia (Sclerotinia International Working Group).
http://lattes.cnpq.br/3748948527712591

FERNANDO MENDES LAMAS
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1978), mestrado em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa (1988) e doutorado em Agronomia (Produção Vegetal) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1997). Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e professor colaborador da Universidade Federal da Grande Dourados. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Manejo e Tratos Culturais, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo do algodoeiro, reguladores de crescimento, sistema plantio direto e cultivares de algodoeiro.
http://lattes.cnpq.br/7465342446376847
FRANCISCO JOSÉ LIMA ARAGÃO
O Dr. Francisco Aragão é pesquisador A da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, onde é responsável pelo Laboratório de Expressão de Genes. É pioneiro na geração das primeiras plantas transgênicas no Brasil expressando genes de características agronômicas. Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico e membro do corpo editorial da revista GM Crops (Landes Bioscience). É professor colaborador da Universidade Católica de Brasília e Universidade de Brasília, é orientador de mestrado e doutorado nos cursos de Biologia Molecular (Universidade de Brasília), Botânica (Universidade de Brasília), Ciências Genômicas e Biotecnologia (Universidade Católica de Brasília) e membro da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). Francisco Aragão lidera um grupo de pesquisas, que constitui referencia nacional e internacional em engenharia genética de plantas. Estuda e integração de transgenes no genoma de células vegetais e animais. Estuda e expressão de genes de células vegetais envolvidos na resposta a fatores bióticos (presença de fungos e vírus) e abióticos (estresse hídrico e salino). Tem estudado aspectos fisiológicos em plantas pelo silenciamento de genes com a utilização de interferência de RNA (RNAi). Também estuda aspectos de biossegurança de plantas geneticamente modificadas visando sua liberação no meio ambiente. Desenvolveu diferentes processos patenteados em vários países, bem como linhagens-elite de plantas transgênicas introduzidas em programas de melhoramento para geração de variedades comerciais, como soja tolerante a imidazolinas (aprovação comercial da Soja CV127, Evento BPS-CV127-9, Parecer Técnico da CTNBio nº 2236/2009 ) e feijão resistente ao Vírus do Mosaico Dourado do Feijoeiro (BGMV). Estuda a evolução e aplicação da tecnologia do DNA recombinante, bem como seus impactos sobre os processos produtivos e a sociedade. Neste aspecto, vem atuando ativamente em diferentes segmentos do Governo Federal como consultor na elaboração de legislação e políticas de Governo. Tem participado de conferências e entrevistas nos mais diversos ambientes e meios de comunicação para divulgação da pesquisa científica brasileira. É consultor das principais agências sul-americanas de fomento à pesquisa e de várias revistas científicas nacionais e internacionais
http://lattes.cnpq.br/6121745125946782

GILSON SOARES DA SILVA
Possui doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (1988). Atualmente é Adjunto IV da Universidade Estadual do Maranhão e Membro de corpo editorial da Summa Phytopathologica (Impresso). Tem experiência na área de Agronomia , com ênfase em Fitossanidade. Atuando principalmente nos seguintes temas: Crotalaria Nematóides Controle.
http://lattes.cnpq.br/0199907117252304

GLAUBER SILVEIRA DA SILVA
É presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja/MT) desde 2007, sendo reeleito para o biênio 2009/2011. Ocupou o cargo de vice-presidente da região Oeste da entidade, que ajudou a fundar em fevereiro de 2005. Em 2008 foi conduzido ao cargo de vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil) e em março de 2010 foi eleito presidente da entidade. Participou efetivamente da reinstalação da associação visando à representatividade do setor de soja em nível nacional. Representa a Aprosoja/MT na Câmara Setorial da Soja, instalada em 29 de outubro de 2008 pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), na Câmara Temática de Infraestrutura e Logística do Agronegócio e preside o Movimento Pró-Logística, criado em agosto de 2009 em Mato Grosso. Idealizado pela Aprosoja/MT, o movimento reúne entidades dos setores agropecuário, da indústria, do comércio e serviços e da sociedade civil organizada. Integra a Comissão de Grãos da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). É conselheiro consultivo da Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABM&A). Participa de entidades instituídas com o objetivo de fomentar a produção sustentável do ponto de vista econômico, social e ambiental. É conselheiro fiscal do Instituto para o Agronegócio Sustentável (ARES), integra a International Soy Growers Alliance (ISGA) e o Instituto Ação Verde em Mato Grosso. De 2004 a 2007 foi secretário Municipal de Agricultura do município de Campos de Julio. Foi fundador e presidiu o Sindicato Rural de Campos de Julio por três mandatos (9 anos), sócio-fundador e superintendente da Cooperativa Agroindustrial do Parecis (Coopar) por dois anos e fundou e presidiu a Associação de Revendas de Campos de Julio. Na Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), coordenou a Comissão de Crédito por três anos.

GLORIA LOZANO
Research lines: Plant virology, etiology, epidemiology, diagnostic, genetic variability, control of virus diseases in plants, genetic resistance to plant viruses. UNESCO codes: 2417.09, 3108.09. Academic data: University studies: Biology, University of Granada, 1999; PhD in Biology, Universidad de Málaga, 2007. Past scientific experience: Graduate Student, Departamento de Fisiología Vegetal, Universidad de Granada, 1999-2000; Graduate Student, Departamento de Microbiología del Suelo y Sistemas Simbióticos, Estación Experimental del Zaidín, Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), 2001-2002; Predoctoral fellow: Estación Experimental La Mayora, Departamento de Fruticultura Subtropical y Fitopatología, CSIC, 2002-2006; Contrato Titulado Superior. Estación Experimental La Mayora, Departamento de Fruticultura Subtropical y Fitopatología, CSIC, 1/08/2006-30/11/2006.
GUILHERME LAFOURCADE ASMUS
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Pelotas (1978), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (1981) e doutorado em Fitopatologia pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é pesquisador iii da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Nematologia, atuando principalmente nos seguintes temas: meloidogyne javanica, soja, rotylenchulus reniformis, manejo e heterodera glycines.
http://lattes.cnpq.br/3664553361618214

GUILHERME PRADO
Possui graduação em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal de Minas Gerais (1975), especialização em alimentos pelo Ministério da Saúde (1977), mestrado em Ciência de Alimentos pela Faculdade de Farmácia da Universidade Federal de Minas Gerais (1992) e doutorado em Ciências dos Alimentos pela Universidade Federal de Lavras (2005). Atualmente é pesquisador em Saúde e Tecnologia da Fundação Ezequiel Dias (FUNED) e Membro Titular da Comissão de Ética da FUNED. É Bolsista de Incentivo à Pesquisa e Desenvolvimento Tecnologico da FAPEMIG. Membro do Comitê Editorial da Revista do Instituto Adolfo Lutz. Consultor das Revistas: Food Additives and Contaminants, - Revista do Instituto Adolfo Lutz, - Química Nova , - Brazilian Journal of Microbiology - Ciência e Agrotecnologia - Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, Revista da Fundação Ezequiel Dias, Ciência e Tecnologia de Alimentos e Revista Semina: Ciências Agrárias. Tem experiência na área de Controle de Qualidade de Medicamentos e Ciência e Tecnologia de Alimentos, atuando principalmente nos seguintes temas: micotoxinas; alimentos; metodologia analítica; padronização de métodos, irradiação gama, plantas medicinais, fitoterápicos, controle biológico.
http://lattes.cnpq.br/5281408494719329

GUSTAVO RODRIGO DALTROZO FUNCK
Possui graduação em Agronomia pela Universidade de Cruz Alta (1999), mestrado em Agronomia pela Universidade de Passo Fundo (2002) e doutorado em Fitossanidade pela Universidade Federal de Pelotas (2006). Atualmente é pesquisador do Instituto Rio Grandense do Arroz. Tem experiência na área de Fitossanidade, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: arroz, doenças, patologia de sementes e melhoramento genético para resistência à brusone
http://lattes.cnpq.br/9353320907372966

HERCULES DINIZ CAMPOS
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Lavras (1990), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Lavras (1994) e doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Lavras (2003). Iniciou a atividade de docência pela FESURV Universidade de Rio Verde em 1995. Atualmente é Professor Titular em Fitopatologia na mesma instituição. É responsável pelas disciplinas: Fitopatologia II no curso de Agronomia (graduação) e Diagnose e Controle de Doenças de Plantas no curso de Mestrado em Produção Vegetal. A linha de pesquisa de atuação é manejo de doenças em grandes culturas (soja, milho, algodão e feijão), com ênfase para doenças fúngicas e causadas por fitonematóides.
http://lattes.cnpq.br/3337354311147391

JAIME MAIA DOS SANTOS
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1975), mestrado em Microbiologia Agrícola pela mesma Instituição (1978) e doutorado em Agronomia (Proteção de Plantas) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Faculdade de Ciências Agronômicas, Campus Lageado, Botucatu, SP (1997). Atualmente é professor assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/FCAV, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo de fitonematóide, controle biológico de fitonematóides, taxonomia de fitonematóides, fungos nematófogos, microscopia eletrônica de varredura.
http://lattes.cnpq.br/6585937888894798

JOÃO FLÁVIO VELOSO SILVA
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1988), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Lavras (1990) e doutorado em Fitopatologia pela USP/ESALq (2001). Atualmente é pesquisador lll da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Nematologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Heterodera glycines, soja, nematóide de cisto da soja, nematóides e resistência. A partir de 2005, é Líder do Projeto Biodiesel da EMBRAPA, nas culturas da soja, girassol, mamona, canola e dendê.
http://lattes.cnpq.br/0413278677157307

JOSÉ AIRES VENTURA
Tem graduação (B.Sc.) em Agronomia (1973), especialização em Micologia (1975), Mestrado em Fitopatologia (Agronomia), na área de concentração em Epidemiologia, pela Universidade Federal de Viçosa (1984) e Doutorado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa em 1993. É Pesquisador do Instituto Capixaba de Pesquisa Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper, desde 1976, tendo ocupado a gerência do Laboratório de Fitopatologia de 1976 a 1989; foi Chefe do Departamento de Planejamento e Operações Técnicas de 1988 a 1989 e Diretor Técnico de 1995 a 1999. Atualmente é chefe da Área de Pesquisa do Incaper. É orientador credenciado nos programas de pós-graduação em Biotecnologia e em Produção Vegetal da Universidade Federal do Espírito Santo-UFES e do programa de Doutorado em Biotecnologia da RENORBIO. Tem uma produção bibliográfica superior a 430 trabalhos incluindo artigos em periódicos nacionais e internacionais, livros e capítulos de livro, resumos em periódicos e anais de eventos científicos. Possui 12 produtos tecnológicos, 1 software, 1 processo ou técnica e outros 271 itens de produção técnica e científica. Recebeu 10 prêmios e/ou homenagens, com destaque para o Prêmio Frederico de Meneses Veiga, da EMBRAPA. Atua na área de Fitopatologia e Biotecnologia. Em suas atividades profissionais interagiu com 212 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Também interage em colaboração com a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) na execução de pesquisas e na orientação de estudantes do curso de Mestrado em Biologia Vegetal e em Biotecnologia e com a Empresa Brasileira de Ensino, Pesquisa e Extensão como professor e orientador de estudantes de graduação. É consultor ad hoc junto a várias instituições de ensino, pesquisa e fomento, sendo coordenador de 7 projetos de Pesquisa em Fitopatologia no Incaper. Em seu currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica e tecnológica são: Doenças de Plantas, Controle, Manejo, Fitopatologia, Biotecnologia, Abacaxi, Banana, Mamão, Fusarium, Fungos e Resistência.
http://lattes.cnpq.br/8687116881326074

JOSÉ CARLOS SILVA PEREZ
Engenheiro Agrônomo - Graduado pela Faculdade de Agronomia de Paraguaçu Paulista em Janeiro/1996. Basf - Gerente de Desenvolvimento de Mercados Centro Nordeste - Janeiro/2010 Basf - Técnico em Desenvolvimento de Mercados Centro Nordeste - Junho/2005 - Dezembro/2009; SLC Agrícola - Coordenador de Produção - Setembro/2001 - Maio/2005 Grupo Sacchetti - Coordenador de Produção - Outubro/1997 - Agosto/2001

JOSÉ MAURÍCIO FERNANDES
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Pelotas (1976), mestrado em Fitopatologia (Washington State University, 1982) e doutorado em Fitopatologia ( Washington State University,1985). Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, professor colaborador da Universidade de Passo Fundo e da Universidade Federal de Pelotas. Atua como editor associado da Fitopatologia Brasileira e consultor "Ad hoc" da Ciência Rural . Membro do "Board of Directors" do International Consortium for Agricultural Systems Applications - ICASA. Atuando, principalmente, na área de epidemiologia e mais precisamente em modelagem de processos epidêmicos de doenças de plantas e modelos de simulação de culturas. Foi professor visitante na Universidade de Guelph no Canadá (1989) e professor visitante da Universidade da Flórida nos Estados Unidos (1996).

JOSÉ DA CRUZ MACHADO
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (1969), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (1974) e doutorado em Fitopatologia/Patologia de Sementes - Manchester University (1980). Atualmente é professor titular da Universidade Federal de Lavras. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia/Patologia de sementes.
http://lattes.cnpq.br/3072606232109429

JOSE OTAVIO MACHADO MENTEN
Engenheiro Agrônomo, Mestre em Fitopatologia, Doutor em Agronomia, Pós-Doutorados em Resistência e Epidemiologia, Patologia de Sementes e Biotecnologia, é Professor Associado da USP / ESALQ. Foi Pesquisador do IAC, EMBRAPA, USP/CENA e CNPq e Professor da UNIMAR e UNIPINHAL. Trabalhou na Colômbia, Holanda, Dinamarca, Áustria, Venezuela e Inglaterra. Realizou cursos de capacitação técnica no Brasil (41) e exterior (4). Participou de eventos técnico-científicos no Brasil (215) e exterior (85) e de estágios e visitas técnicas no Brasil (12) e exterior (4). Recebeu oito Prêmios, inclusive Destaques em Fitopatologia, Tecnologia de Sementes e Medalha Fernando Costa. Publicou 131 artigos científicos, é autor/ editor de 4 livros e 4 capítulo de livros. Orientou 37 alunos de Pós-Graduação, 11 em Estágio Profissionalizante e mais de 100 em Iniciação Científica. É membro de diversas entidades científicas, técnicas, culturais e de classe, no Brasil e no exterior.
http://lattes.cnpq.br/3002306471392125

JOSÉ ROGÉRIO DE OLIVEIRA
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1984), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (1988) e doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (1995). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Viçosa. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: bactérias fitopatogênicas e patologia de sementes.
http://lattes.cnpq.br/3921988081504349

JOSÉ SÍLVIO DOS SANTOS
Graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1979). Atualmente é Diretor da Comercializadora e Exportadora de Sementes Germisul Ltda. e Membro da diretoria da Associação de produtores de sementes de Mato Grosso do Sul. Tem experiência na área de Agronomia.
http://lattes.cnpq.br/4053875048591694

JOSIL DE BARROS CARNEIRO JUNIOR
Possui graduação em Engenharia Agrônoma pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1991), mestrado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2001) e doutorado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2006). Atualmente é técnico administrativo com nível superior da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, coordenador do Programa de melhoramento genético da cana-de-açúcar nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e sul da Bahia. Experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia e melhoramento da cana-de-açúcar, atuando principalmente nos seguintes temas: raquitismo da soqueira, cana-de-açúcar e termoterapia.
http://lattes.cnpq.br/2497072521041141

KATHERYN KAY SCOTT LAWRENCE
Ph. D. Associate Professor of Plant Pathology specializing in nematology and mycology. Kathy Lawrence will serve as the primary leader in managing the fungal and nematode plant diseases. She is responsible identifying all disease pathogens and storing the inventory of pathogens collected from the plant trials. Dr. Lawrence will provide the lab area (750 sq ft) and student workers needed to process the nematode and plant samples collected from all of the tests. The mycology and nematology lab area contains the necessary laminar flow hoods, fume hoods, autoclave room with multiple autoclaves for media sterilization, cold room with refrigerators, freezers with -20 and -80 C capacity, multiple centrifuges, water sterilization units, water baths, Nikon dissecting, inverted and compound microscopes with Nikon and Cannon digital imaging. Dr. Lawrence will also coordinate all increases in fungal and nematode pathogens as well as plant inoculations and pesticide or biological treatment applications. She was 17 years of experience as a plant pathologist working with nematode pathogens in southern field crops and has been working with the fungal and nematode plant pathogens in field crops at Auburn University for the past 10 years. She has authored 7 book chapters, 39 refereed journal articles, 24 peer reviewed experiment station publications, 70 proceeding papers, and over 100 abstracts. She has mentored 11 graduate students as major professor in her program as serves Senior Editor of Nematropica.

KÁTIA REGINA FREITAS SCHWAN ESTRADA
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (1979), mestrado em Microbiologia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (1984) e doutorado em Fitopatologia pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (1996). Atualmente é professor Associado C da Universidade Estadual de Maringá. Orienta alunos de doutorado, mestrado, Iniciação científica e IC-júnior. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fisiologia do Parasitismo/Indução de resistência, controle alternativo de doenças de plantas com aplicação de extratos e óleo essencial de planta medicinal, cogumelos, kefir e biofertilizantes. Micorrizas em plantas medicinais.
http://lattes.cnpq.br/7333463527916515

LUCIANO VIANA COTA
possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (2002) , mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (2004) , doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade Federal de Viçosa (2008) e pós-doutorado pela Universidade Federal de Viçosa (2008) . Atualmente é Revisor de periódico da Fitopatologia Brasileira (0100-4158) e Pesquisador A da Empresa Brasileira de pesquisa Agropecuária - Centro Nacional de Pesquisa d. Tem experiência na área de Agronomia , com ênfase em Fitossanidade. Atuando principalmente nos seguintes temas: Botrytis cinerea, Controle biológico, Mofo cinzento, manejo.
http://lattes.cnpq.br/4393047985472946

LUIS ALBERTO AGUILLERA
possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Mato Grosso (1993) , especialização em MBA-Gestão Estratégica pela Universidade Federal de Mato Grosso (2006) e curso-tecnico-profissionalizante em Técnico em Agropecuária pelo Fundação Centro de Educação Rural de Aquidauana (1986) . Atualmente é Engenheiro Agrônomo da Cooperativa dos Cotonicultores de Campo Verde. Tem experiência na área de Agronomia , com ênfase em Fitossanidade.
http://lattes.cnpq.br/9677717910861261

LUÍS HENRIQUE CARREGAL PEREIRA DA SILVA
Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal de Lavras (1999) e Mestre em fitopatologia pela mesma instituição em 2002. Iniciou a atividade de docência na Universidade de Rio Verde-FESURV em 2002. Atualmente é professor Adjunto III, responsável técnico pelo laboratório de diagnose de doenças de plantas e pela disciplina de Fitopatologia I. É consultor técnico do Grupo Associado de Pesquisa do Sudoeste Goiano (GAPES) na área de fitopatologia. Desenvolve trabalhos de pesquisa no manejo de doenças em grandes culturas (soja, milho, feijão, algodão), com ênfase em controle químico de doenças fúngicas.
http://lattes.cnpq.br/5662417711129439

LUIZ ANTÔNIO SIQUEIRA DE AZEVEDO
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa (1984) e Doutorado em Agronomia (Produção Vegetal) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita


TAGS armazém


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.