busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
06/08/2010 16:28:27 - Atualizado em 06/08/2010 16:28:27 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

No MT, quase toda colheita da cana será feita com máquinas

A produção de cana-de-açúcar deve crescer, nesta safra, em Mato Grosso do Sul. Quase toda a colheita será feita com o auxílio de máquinas.

A área plantada com cana em Mato Grosso do Sul cresceu 28% este ano em relação ao ano passado. Lavouras de milho e soja e pastagens degradadas deram lugar a mais de 300 mil hectares de cana-de-açúcar, que devem produzir 30 milhões de toneladas nesta safra. Serão 30% a mais do que na anterior segundo os dados da Companhia Nacional de Abastecimento.

Além de novas indústrias sucroalcooleiras, muitas estão ampliando a capacidade de produção. O diretor de usina Paulo Kronka, que gerencia as unidades de Rio Brilhante e Nova Alvorada do Sul explicou que para atender o crescimento terá de contratar cerca de duas mil pessoas até 2013. “Quando estamos prevendo um investimento da ordem de R$ 380 milhões para elevar a unidade de 2,5 milhões para seis milhões de toneladas até 2013”, explicou.

Uma usina em Dourados começou a funcionar no ano passado e já nasceu com o processo totalmente mecanizado. A colheita nos mais de 10,5 mil hectares de plantio é feita com maquinários de alta tecnologia. Para operar os equipamentos os funcionários receberam qualificação específica para o serviço. Segundo Paulo Escobar, superintendente de usina, toda a implantação do sistema tem um custo elevado, mas o investimento vale a pena.

“A gente tem uma pequena perda na produtividade, mas é favorável porque a gente pensa bastante no meio ambiente. É possível eliminar a queima totalmente. É um balanço bastante favorável mesmo com o aumento do custo”, avaliou Escobar.

Mato Grosso do Sul tem hoje 21 usinas em funcionamento e outras 21 em processo de instalação. Com esse crescimento do setor em todo país foi preciso criar uma lei para reduzir os impactos ao meio ambiente. Essa lei prevê que a colheita seja totalmente mecanizada até 2021. Isso deve praticamente eliminar a queima da palha da cana.

No ano passado, o índice de mecanização nas lavouras do Estado, segundo a Associação dos Produtores de Bioenergia era de 70%. Nesta safra, aumentou para 75%.

Mato Grosso do Sul ocupa a sexta posição na produção nacional de cana. A expectativa da associação dos produtores é que, em quatro anos, o Estado passe para o terceiro lugar.
 
 
Fonte: Globo Rural


TAGS chuva para o café


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.