busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
28/07/2010 16:14:36 - Atualizado em 28/07/2010 16:14:36 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Agricultores de Goiás aumentam a área de milheto

Agricultores de Goiás aumentaram a área de milheto. A colheita da safrinha está em andamento e o rendimento superou a expectativa.

As panículas estão pesadas e graúdas. O agrônomo Leonardo Gondim, que cuida de várias lavouras na região, explicou que o milheto tem alto valor nutritivo e é usado para fabricar ração para aves e suínos. O grão também serve para alimentar o gado, criado em confinamento.

“O milheto é sempre em comparação ao sorgo e ao milho. A qualidade do grão do milheto da região é questão desse híbrido que está dando em torno de 30% a 40% a mais de proteína, além dos aminoácidos essenciais contidos nele”, falou Gondim.

Na propriedade do agricultor Renê Rigodanzi as máquinas já colheram 70% da área de 300 hectares. A produtividade média é de 30 sacas por hectare. O agricultor destina 18 sacas para o pagamento das sementes e abate também o custo de produção. O restante é vendido para fábricas de ração na região e em São Paulo. “Hoje, está em torno de R$ 8 a R$ 9 reais a saca. O sorgo está em torno de R$ 10”, disse.

Nas lavouras do agricultor Oscimar Gouveia a colheita do milheto também está quase terminando. Ele plantou 205 hectares. É quase o dobro da safrinha passada. Ele, que trocou o sorgo pelo milheto, está satisfeito com a produtividade, em torno de 30 sacas por hectare.

“Eu tenho feito isso em teste na prática. No ano passado, a área que eu tinha sorgo e milheto a diferença é muito grande em relação ao rendimento por hectare na soja", comparou seu Oscimar.

Com o fim da colheita do milheto, os agricultores começam a se preparar para o plantio da nova safra de soja.

 
Fonte: Globo Rural


TAGS derrubam


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.