busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
26/07/2010 16:47:02 - Atualizado em 26/07/2010 16:47:41 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Produtores lutam contra praga asiática

Os produtores rurais do Distrito Federal estão realizando o vazio sanitário da cultura de soja para proteger suas lavouras da ferrugem asiática. O vazio sanitário, que é a proibição do plantio e eliminação das plantas vivas da soja, é promovido pelo quarto ano consecutivo pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa/DF). A medida vigora de 1º de julho a 30 de setembro e foi adotada em caráter preventivo pela primeira vez no DF em 2007, com o objetivo de reduzir as chances de proliferação da doença.
"Com a ampla adoção da medida fitossanitária, a incidência da ferrugem é comprovadamente bem menor. Cai o custo de produção, porque o número de aplicações preventivas de fungicidas diminui, a quantidade de focos é reduzida e a produtividade aumenta", explica Álvaro Caldas, gerente de Defesa Sanitária Vegetal da Seapa/DF. Causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, a ferrugem é uma das pragas mais devastadoras do campo: ataca as folhas e prejudica o desenvolvimento da planta. Quando a ferrugem ataca a plantação, controlá-la é uma tarefa complicada e cara. O fungo se espalha com facilidade, podendo ser transportado até mesmo pelo vento.
A contenção feita pelos agricultores se dá com uso de fungicidas, mas o método não é 100% eficaz porque, quando a soja cresce, os pés ficam muito próximos uns dos outros e o veneno não consegue atingir as folhas de baixo. Além disso, a pulverização é cara. A aplicação do fungicida custa R$ 35,00 por hectare.
Os produtores que tiverem plantas vivas de soja no período do vazio sanitário serão notificados para, em cinco dias úteis, procederem a eliminação total da soja. Quem não cumprir receberá uma intimação, determinando a ausência total da planta em cinco dias úteis. Caso haja nova reincidência, os autos serão remetidos ao Ministério Público para a abertura de processo, além de sanções administrativas. A Secretaria de Agricultura alerta aos produtores para que sigam as orientações e eliminem a planta viva de soja com rapidez. A Gerência de Defesa Sanitária Vegetal da Seapa/DF notificou 63 produtores que ainda não adotaram a medida. Para comunicar o descumprimento da medida basta ligar para o Disque Denúncia: 3447 8820.
 
 
Fonte: Tribuna do DF


TAGS Mercado


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.