busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
11/06/2010 15:20:46 - Atualizado em 11/06/2010 15:20:46 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Previsão para o valor da produção brasileira se mantém

A estimativa para o Valor Bruto da Produção (VBP) das 20 principais lavouras do País, em 2010, é de R$ 160,5 bilhões. Com ligeira queda de 0,19%, o número permanece no patamar de 2009 (R$ 160,8 milhões). Os maiores aumentos do valor da produção em relação ao ano passado devem ocorrer em cebola (114,8%), café (18,0%), trigo, (14,5%) e cana-de-açúcar (9,6%).
           
A pesquisa foi realizada a partir dos levantamentos de safra de maio, divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O coordenador de Planejamento Estratégico do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), José Gasques, lembra que o ciclo 2009/2010 deve ficar em 146,9 milhões de toneladas, de acordo com a Conab. “Uma ligeira tendência de renda menor neste ano ocorre pelos preços mais baixos de produtos agrícolas este ano, já que a produção é superior à de 2009”, explica.
            
Outros produtos que também apresentaram alta foram algodão, banana, laranja e soja, mas em menor proporção. No caso da soja, a elevada participação no valor total da produção representa forte impacto no resultado final estimado, apesar do menor acréscimo.
             
As maiores quedas no VBP devem ocorrer em oito produtos: uva (-35,2%), feijão (-25,4%), amendoim (-20,9%), pimenta-do-reino (-18,5%), arroz (-17,9%), fumo (-12,8%), tomate (-10,6%) e milho (-10,5%).
           
Regiões - As estimativas regionais para o mês de maio mostram a mesma tendência observada em abril. A região Sul é a única com incremento expressivo do VBP neste ano, de acordo com Gasques. “Esse bom comportamento é atribuído ao aumento de valor no Paraná (21,4%) e em Santa Catarina (28,9%)”, diz o coordenador. O Sudeste deve permanecer no mesmo nível de 2009 e as outras regiões mostram desempenho menos favorável.

Fonte: Mapa


TAGS eu quero trabalhar


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.