busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
28/05/2010 10:10:04 - Atualizado em 28/05/2010 10:10:25 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Monsanto altera planos globais para o glifosato

Um dia depois de a Câmara de Comércio Exterior (Camex) ter fixado um preço mínimo para o glifosato chinês entrar no Brasil, a Monsanto anunciou mudanças globais em sua estratégia para o produto. A multinacional decidiu reduzir seu portfólio de itens com a marca Roundup - herbicida à base de glifosato -, baixar os preços para patamares próximos aos genéricos e desenvolver novos produtos que tenham como base outras matérias-primas que não sejam o glifosato.

A concorrência com o glifosato produzido na China foi o principal motivo para a mudança da estratégia. "A competição com a China representa uma mudança estrutural no mercado e não é algo apenas passageiro. Por isso é importante reposicionar o Roundup, pois esse é um negócio importante para a empresa", disse Ricardo Madureira, diretor-geral de proteção de cultivos da Monsanto para América do Sul.

Com a mudança de estratégia, a expectativa é de que o lucro por ação da empresa caia para um valor entre US$ 2,40 e US$ 2,60 ante uma expectativa que era de US$ 3,10 para o ano-fiscal 2010.

Segundo Madureira, o Brasil é o segundo maior mercado da Monsanto para venda de seus herbicidas. Apesar disso, ainda não é possível estimar de quanto será a redução média do preço do glifosato produzido pela empresa, já que os valores estão sendo corrigidos desde meados de 2009. "Pretendemos aumentar o portfólio de produtos baratos para lidar com ervas daninhas e que não tenham como matéria-prima o glifosato", disse.

 

Fonte: Valor Econômico


TAGS


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.