busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
12/05/2010 08:57:32 - Atualizado em 12/05/2010 08:57:32 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Brasil e Sudão firmam primeiro acordo no setor agrícola

Os ministros da Agricultura do Brasil, Wagner Rossi, e do Sudão, Ismail Abd Elhalim Elmotafi, assinaram memorando de entendimento, na tarde dessa terça-feira (11). Trata-se do primeiro acordo firmado na área de agricultura entre os dois países e tem a finalidade de promover o intercâmbio de materiais genéticos, capacitação de cientistas e especialistas, além da troca de informações e resultados de pesquisa no setor. O encontro entre os dois ministros faz parte da agenda do Diálogo Brasil-África sobre Segurança Alimentar, Combate à Fome e Desenvolvimento Rural, que ocorre no Palácio do Itamaraty até esta quarta-feira (12).
O documento prevê a troca de experiências em áreas como biocombustíveis, saúde animal e vegetal e sistemas de Integração lavoura-pecuária. O acordo também trata de treinamento em produção de cana-de-açúcar, manutenção de máquinas agrícolas, criação de animais,entre outros.
Sudão - A delegação sudanesa foi uma das 15 recebidas nessa terça-feira pelo ministro Rossi. O país do norte da África, que faz fronteira com o mar Vermelho, tem 43% da sua economia voltada para atividade agrícola, na qual estão empregados 80% da mão-de-obra ocupada. Dentre os principais produtos cultivados estão sorgo, amendoim, cana-de-açúcar e mandioca.
“O Brasil e o Sudão não são competidores. São países com grande potencial agrícola e podem se complementar tecnicamente”, destacou o ministro sudanês. Além do Sudão, Rossi esteve com ministros de Angola, Costa do Marfim, Namíbia e Senegal. Todas as autoridades reforçaram interesse em ampliar cooperação, principalmente na área de pesquisa em agricultura tropical, setor que o Brasil é, reconhecidamente, o mais avançado no mundo.
Rossi afirmou que, após o evento, o Ministério da Agricultura irá programar agenda de missões ao continente africano, com o objetivo de favorecer ações concretas para o desenvolvimento rural desses países.
 

Fonte: Mapa


TAGS


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.