busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
01/05/2010 11:25:56 - Atualizado em 01/05/2010 11:27:24 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

UM SALTO - Vaivém das Commodities

O preço do leite pago aos produtores subiu 11,8% em abril em relação a março, conforme pesquisa feita pelo Cepea em oito dos principais Estados produtores. Neste ano, o aumento já chega a 27%. Na avaliação dos pesquisadores do Cepea, a alta ocorre devido à sazonalidade da produção. É um período de piora da qualidade das pastagens, o que reduz a produção.

INCENTIVO

A boa recuperação dos preços do leite somada à baixa dos preços dos concentrados deve levar os produtores a investir mais na alimentação dos animais. Esse investimento vai provocar recuperação na produção, conforme avaliação dos pesquisadores do Cepea.

MENOS LEITE

O índice de captação de leite do Cepea mostra que a produção de março foi 3,4% inferior à de fevereiro. Apesar dessa queda, o volume produzido no primeiro trimestre deste ano ainda é 3,5% acima do de igual período de 2009.

BOI NA AGULHA

Por conta da chuva, pelo menos 600 mil animais da ilha de Marajó deixarão de ser vacinados contra a febre aftosa neste mês, o que deverá ocorrer até o final de setembro. O Pará vai vacinar 18,5 milhões de bovinos e de búfalos contra a febre -a meta do governo paraense é tornar todo o Estado livre da doença ainda em 2010.

CENÁRIO MELHOR

Os preços recebidos pelos norte-americanos em abril superaram em 7% os de igual período de 2009. Já os preços pagos subiram apenas 1,7%. A alta foi puxada por carnes, que subiram 15% em relação a abril do ano passado.

PELA PRIMEIRA VEZ

A circular da Consecana -que aponta os preços de remuneração do setor de açúcar e de álcool- não registrou valor para o açúcar branco para o mercado externo em abril. Isso porque não houve exportações e a produção do período ficou no mercado interno.

PREÇO DA CANA

O quilo do ATR (Açúcar Total Recuperável) foi de R$ 0,3888 para a cana entregue em abril. Com isso, o valor da tonelada foi de R$ 53 para quem pratica o ATR relativo -remunera mais a cana no início da safra e menos no meio. Já quem não tem esse sistema, e recebe pelo ATR de cada mês, terá remuneração de R$ 42 por tonelada.

OFERTA MAIOR

A demanda de álcool continua se recuperando, mas a oferta do produto também é maior. O preço médio do hidratado recuou para R$ 0,7406 por litro na porta das usinas nesta semana, 2,9% menos do que na anterior. O anidro também caiu 2,9%, para R$ 0,8695%. Os preços não contêm impostos.

 

Fonte: Folha de São Paulo


TAGS


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.