busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
27/04/2010 14:59:54 - Atualizado em 27/04/2010 15:01:03 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Agrishow pode ficar em Ribeirão por 30 anos

\"\"Protocolo de intenções foi assinado ontem entre o governo do Estado, dono da área onde ocorre a feira, e os organizadores

Segundo o secretário de Estado da Agricultura, João Sampaio, efetivação do acordo assinado ontem pode sair ainda neste ano

Um protocolo de intenções assinado entre a organização da Agrishow e o governo do Estado de São Paulo poderá garantir a permanência do evento por mais 30 anos em Ribeirão Preto. O protocolo foi assinado durante a solenidade de abertura da Agrishow, na manhã de ontem, pelo secretário de Estado da Agricultura, João Sampaio, e pelo presidente da feira, Cesário Ramalho.

O objetivo é garantir o uso da Fazenda Experimental, que pertence ao Estado, para a realização da Agrishow.Em 2009, a feira foi realizada em meio à polêmica possibilidade de ser transferida para São Carlos.

Depois, em setembro, um convênio assinado com o Estado garantiu o uso da Fazenda Experimental até 2014 pela feira. "Nós temos quatro anos para dar sequência à concretização [do protocolo de intenções], mas nosso objetivo é resolver ainda neste ano", afirmou o secretário.

Segundo Sampaio, para que o protocolo seja efetivado, o Estado ainda precisará avaliar qual é a ferramenta jurídica necessária para a cessão de uso da Fazenda Experimental. Ele disse que ainda não sabe se será necessária a aprovação de um projeto de lei pela Assembleia Legislativa, ou se um decreto do governador Alberto Goldman (PSDB) basta.

Outra necessidade, segundo Sampaio, é o desmembramento legal da área reservada para a Agrishow do restante da propriedade do Estado. "Como é uma área de pesquisa, isso é necessário", afirmou.

A organização da Agrishow, o Estado e a Prefeitura de Ribeirão Preto também devem se reunir após o encerramento da feira deste ano, segundo Sampaio, para definirem, juntos, as responsabilidades de cada um no convênio de uso da área.

Já o presidente da Agrishow, Cesário Ramalho, disse que a efetivação do protocolo de intenções assinado ontem depende basicamente da vontade do governo. "Uma coisa que nós temos que entender é que a agricultura não é de um partido ou de outro, é do agricultor brasileiro. Nós não temos fixação por partido, temos, sim, compromisso com o agricultor."

Ramalho afirmou ainda que a cessão de uso da Fazenda Experimental para a realização da feira por um período mais longo vai permitir investimentos em estruturas permanentes, tanto por parte da organização do evento como pelas empresas expositoras.

Para o vice-presidente da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), João Marchesan, cujo órgão é o principal realizador da Agrishow, o acordo também permitirá a programação de mais eventos. "A área poderá se transformar em uma sede de eventos do agronegócio brasileiro", disse.

No ano passado, depois que a permanência da Agrishow em Ribeirão foi definida, Estado, prefeitura e organização do evento se uniram para definir melhorias na área que abriga a feira. Para a edição deste ano várias mudanças já foram apresentadas, como novos sanitários, troca da rede elétrica e de iluminação, e vias mais amplas.

 

 

Fonte: Folha de São Paulo


TAGS


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.