busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
22/04/2010 16:19:36 - Atualizado em 27/04/2010 20:46:54 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Mercado segue pressionado e arroba recua para R$ 83,15/@

No mercado do boi gordo a arroba segue pressionada e os frigoríficos que têm escalas mais confortáveis testam níveis de preços mais baixos. Assim o indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista teve retração de 1,43% na semana, sendo cotado a R$ 82,16/@ na última terça-feira, antes do feriado de Tiradentes. O indicador a prazo foi cotado a R$ 83,15/@ registrando quede de 1,34% no período analisado (13/04 a 20/04).

Tabela 1. Principais indicadores, Esalq/BM&F, relação de troca, câmbio



No mercado futuro, o contratos de boi gordo negociados na BM&FBovespa com vencimento mais próximo (abril, maio e junho) apresentaram desvalorização. Já os que têm vencimento mais distante, com exceção de setembro/10, terminaram a semana em alta.

O primeiro vencimento, abril/10, acompanhou a desvalorização do indicador e fechou a R$ 82,00/@ na última terça-feira, com queda de R$ 0,74. Maio/10 teve recuo de R$ 0,15, fechando a também a R$ 82,00/@. Os contratos que vencem em outubro/10 terminaram o pregão de terça-feira (20/04) valendo R$ 85,92/@, com variação positiva de R$ 0,03.

Gráfico 1. Indicador Esalq/BM&FBovespa e contratos futuros de boi gordo (valores à vista), em 13/04/10 e 20/04/10



Em vista das escalas um pouco mais longas e dos recuos nos preços da carne bovina do atacado, os compradores seguem pressionando as cotações da arroba e tentam negociar a preços menores do que na semana passada. De maneira geral, a oferta ainda é curta mas os frigoríficos testam valores inferiores na esperança de conter novas altas e o mercado ainda segue bastante indefinido. Resta saber se na semana que vem será possível comprar nos novos preços para ter mais noção das tendências de curto prazo.


O indicador Esalq/BM&FBovespa bezerro MS à vista foi cotado a R$ 714,60/cabeça, com valorização de 1,87% no período analisado. Em relação ao mesmo período do ano passado, alta acumulada é de 8,10%.

Diante destas variações, a relação de troca recuou para 1:1,90.

Gráfico 2. Indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo e bezerro MS à vista (R$/@) x relação de troca (boi gordo de 16,5@ por bezerros)



Com a forte valorização do bezerro, a margem bruta na reposição também recuou, sendo calculada em R$ 641,04. A margem bruta na reposição, representa o que sobra da venda de um boi gordo de 16,5@ e compra de um bezerro de reposição e será utilizada para investimentos, pagamento de contas e salários e lucro. Acreditamos que este indicador representa melhor o poder de compra do pecuarista, já que normalmente essa é a operação realizada pela maioria dos invernistas.

Gráfico 3. Margem bruta na reposição



Segundo o Boletim Intercarnes, no atacado a procura ainda não deu nenhum sinal de melhora em função da manutenção das vendas mais retraídas no varejo, consequência do repasse nos preços para o consumidor final. As ofertas, no contexto geral, apresentam-se mais regulares, porém sem excedentes expressivos e os compradores) aguardam melhor definição mercado para posicionamento no final de semana.

No atacado paulista, o traseiro foi cotado a R$ 6,40, o dianteiro a R$ 4,30 e aponta de agulha a R$ 4,10. Na semana, o equivalente físico acumulou retração de 2,33%, sendo calculado em R$ 79,23/@. O spread (diferença) entre indicador de boi gordo e equivalente está em R$ 2,93/@, abaixo da média dos últimos 12 meses que é de R$ 3,45/@. Vale lembrar que quanto maior o spread, menores serão as margens do frigoríficos que tendem a forçar recuos nos preços pagos ao pecuarista.

Tabela 2. Atacado da carne bovina



Gráfico 4. Indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista x equivalente físico



Como está o mercado na sua região? Comente  sobre o mercado do boi gordo e de reposição  informando preços e o que está acontecendo no mercado de sua região se desejar. Para comentar basta estar logadoCadastre-se agora grátis.


Fonte: André Camargo BeefPoint


TAGS commodities


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.