busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
12/04/2010 16:59:51 - Atualizado em 12/04/2010 17:01:29 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Abate consciente

\"\"Nos frigoríficos, a cena em que grupos de trabalhadores são treinados para uma total mudança na cultura no abate de animais vem se repetindo com maior frequência no Brasil. Técnicas antigas e cruéis, sem a preocupação com a morte sem dor, já não estão sendo aceitas por consumidores conscientes e importadores da carne. Marcas como Sadia, Perdigão e Seara aderiram ao Programa Nacional de Abate Humanitário, realizado em parceria pela Sociedade Mundial de Proteção Animal (WSPA na sigla em inglês) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Os próprios abatedouros reconhecem que a alta carga de estresse a caminho do matadouro faz a carne perder qualidade e cada hematoma representa uma perda equivalente a 400 gramas do alimento.
 
 
Fonte: Estado de Minas


TAGS animais


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.