busca
| | |




Você está em
autor Luiz Carlos
08/04/2010 10:48:55 - Atualizado em 08/04/2010 10:49:36 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Boletim de monitoramento climático

BRASIL: Outono 2010

\"\"Chuvas de Março: No geral o mês de março apresentou uma boa distribuição de chuva sobre o Brasil, o que para o Sudeste e o Centro-Oeste em partes compensou o fevereiro mais seco. Março também marcou o retorno das chuvas para o Nordeste do Brasil, principalmente para os estados da Bahia, Maranhão e do Piauí, que beneficiou diretamente as lavouras de soja e algodão que se encaminham para a fase final. As chuvas de março também beneficiaram a lavoura do Milho Safrinha e a lavoura de soja do Rio Grande do Sul que foi plantada mais tarde e ainda dependia de chuva em março.
Umidade do Solo: Março termina com uma boa condição de umidade do solo em grande parte do Brasil. A figura abaixo (lado direito) mostra o % de Água Disponível no Solo, onde se pode observar um aumento da umidade do solo sobre o Nordeste do Brasil, principalmente na Bahia, Maranhão, Piauí e no Ceará. As chuvas da semana contribuíram para a elevação níveis de umidade do solo, principalmente no Paraná, Santa Catarina, no Rio Grande do Sul e partes de Mato Grosso do Sul.

Previsão de CHUVA para o Brasil: Frente fria avança e causa no Nordeste do Brasil, enquanto o Centro-sul vive um período seco e queda da temperatura.
O mês de abril começa com uma condição bem típica do Outono. A propagação de uma frente fria além de ter causado chuvas no final de semana, provoca a queda da temperatura no Sul e no Sudeste do Brasil, que pode ser considerada como a primeira onda de frio do ano. Nas regiões Serranas a temperatura entre hoje e amanhã deve chegar até 5°C. Portanto, a primeira semana de abril promete uma mudança no padrão climático, com temperaturas mais amenas e pouca chuva (seca). Enquanto o Nordeste do Brasil que vive sua estação chuvosa (“inverno Nordestino”) nesta semana vive uma condição favorável a ocorrência de chuvas, beneficiada pelo avanço de uma frente fria proveniente do sul/sudeste do País (ver figuras abaixo).

PREVISÃO: Abril começa com pouca chuva e queda de temperatura. A previsão para as próximas semanas se mantém de pouca chuva sobre grande parte do território Argentino. Somente para a próxima semana, entre segunda e terça-feira é que a propagação de uma nova frente fria deve causar chuvas sobre a Argentina. Como é típico da época do ano (outono) daqui para frente as frentes frias são acompanhadas na sua retaguarda por massas de ar frio (origem polar). E a semana começa com temperaturas mais amenas, porém sem previsão de frio extremo e nem risco de geadas.


Fonte: Somar Meteorologia


TAGS


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.