busca
| | |




Você está em
autor Luiz
21/03/2010 19:29:15 - Atualizado em 21/03/2010 19:29:15 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Bezerro segue valorizado e indicador é cotado a r$ 646

 

Nesta terça-feira (16/03), o indicador Esalq/BM&FBovespa bezerro à vista foi cotado a R$ 646,04/cabeça pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada - Esalq/USP (Cepea), acumulando variação de 0,37% na semana. Em março este indicador acumulou alta de 4,37% e em relação ao mesmo período do ano passado, quando o bezerro sul matogrossense valia R$ 631,93, a variação é de 2,23%.

Gráfico 1. Indicador Esalq/BM&FBovespa bezerro MS à vista



Tabela 1. Principais indicadores da reposição, Esalq/BM&F, relação de troca, margem bruta



Nesta semana o mercado do boi gordo se mostrou mais firme e diante da oferta reduzida de animais para abate os frigoríficos precisaram reajustar os preços. Assim a arroba do boi gordo em São Paulo registrou uma valorização de 1,35% na semana (período compreendido entre os dias 09/03 e 16/03) de acordo com o Cepea.

Esta valorização da arroba se refletiu na relação de troca, que subiu para 1:2,02. Apesar desta ligeira alta, os pecuarista seguem tendo dificuldades para repor seus rebanhos, já o valor atual está abaixo da média dos últimos 12 meses que é de 1:2,07 e bem baixo da média histórica.

Gráfico 2. Indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista x relação de troca (boi gordo de 16,5@ por bezerros)



A margem bruta na reposição, que representa a sobra da transação de venda de um boi gordo de 16,5@ e compra de um bezerro de reposição e será utilizada para investimentos, pagamento de contas e salários e lucro, foi calculada em R$ 657,13, com uma alta de 2,33% na semana. Na comparação com o mesmo período do ano passado a margem bruta está 4,44% melhor.


Informantes do BeefPoint, que atuam no mercado paulista, comentam que quem precisa de animais para reposição consegue encontrá-los com relativa facilidade. O problema é que em muitos casos os preços são altos e desanimam os recriadores, que preferem segurar um pouco mais seus lotes de boi gordo, esperando uma melhora na relação de troca.


Na região de Campo Grande/MS, o bezerro está sendo negociado em torno de R$ 600,00 e as fêmeas valem R$ 420,00/cabeça.

Em Ribas do Rio Pardo/MS, o macho Nelore desmamado é cotado a R$ 650,00 e as fêmeas estão negociadas a R$ 570,00, segundo informou Antonio Sergio Bertini.


Mario Saraiva Gomes de Macedo, da Coorreta (Cooperativa de Serviços, Comércio e Produção Agropecuária Ltda.), informou que em Santa Maria/RS predominam terneiros de raças britânicas, sendo que animais com cruzamento de Angus, podem chegar a valores de R$ 3,00/kg vivo. Ele comenta que fêmeas desmamadas estão valendo R$ 2,60/kg vivo e ressalta que existe bastante oferta deste tipo de animais, porém poucos negócios, já que o preço é considerado elevado.





Fonte: André Camargo, Equipe BeefPoint

Como está o mercado na sua região? Comente  sobre o mercado do boi gordo e de reposição  informando preços e o que está acontecendo no mercado de sua região se desejar. Para comentar basta estar logadoCadastre-se agora grátis.


TAGS semeadura



Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.