busca
| | |




Você está em
autor Otavio Culler
18/07/2020 10:29:37 - Atualizado em 18/07/2020 10:29:37 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Economia

Cargos de gestão no agronegócio está aquecido

Mercado para cargos de gestão no agronegócio está aquecido. Seleção de profissionais continua gerando oportunidades mesmo em meio à pandemia.

Segundo dados recentes divulgados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq-USP) em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) o PIB do agronegócio cresceu pelo quarto mês seguido, mesmo com alguns impactos caudados pela crise. O aumento teve um registro de 0,36%. Esse desempenho reflete também na busca por profissionais para atuarem no setor nesses últimos meses.

“A seleção de profissionais no agro continua, principalmente quando se fala de culturas de exportação, onde está vinculado à venda de soja e milho, principalmente para a China, Estados Unidos e países europeus”, comenta Jeffrey Abrahams, headhunter de agronegócios e sócio-gerente da FESA Group, consultoria especializada em gestão de talentos e desenvolvimento organizacional.

De acordo com o especialista, profissionais que tenham em seu portfólio o uso de tecnologia no setor encontram mais oportunidades. Ele avalia que a inclusão digital no agronegócio permite que as empresas e produtores operem de forma diferente, melhorando o desempenho e avanço do setor. Abrahams ainda comenta que os profissionais precisam ter, além do conhecimento técnico, entendimento também na área financeira, mesmo que não seja o setor de atuação, mas para compreender os fluxos de operação do setor. Além de capacidade de liderança, analítica e serenidade na tomada de decisões. Segundo o headhunter, a crise exige foco, resiliência e muita empatia com os times.

“Existe também muita substituição e partida de profissionais para outras empresas. Há muitas oportunidades de executivos na rede de insumos. E também para profissionais atuarem no campo financeiro, backoffice, vendas e barter. Outras oportunidades destacam-se nas grandes fazendas para gerentes e diretores agrícolas”, comenta Abrahams.

De acordo com Abrahams, com o efeito da pandemia, a parte de sanidade, com a rastreabilidade, passará a ser o centro das preocupações. A rastreabilidade do setor tem sido mais rigorosa nesse momento e nesse sentido, Jeffrey também identifica oportunidades de novas tecnologias entrarem no circuito. “O setor tem investido em aspectos de controle e rastreio dos produtos, isso também exige que os profissionais estejam preparados para as novas formas de operação e aumento de exigência”.

O headhunter aponta que mais contratações devem ocorrer até o final do ano no agro. “Não é que o setor do agronegócio esteja blindado nesse momento, mas algumas áreas estão operando bem. O agro é um setor que não para e que norteia positivamente os indicadores de economia do país”, conclui.

FONTE: DATAGRO.


TAGS Mercado , cargos , gestão , agronegócio , aquecido


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2020
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.