busca
| | |




Você está em
autor Douglas Carreson
19/06/2020 11:06:04 - Atualizado em 19/06/2020 11:06:04 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Economia

Plano Safra dedicadas à cotonicultura

Abrapa aprova medidas do Plano Safra dedicadas à cotonicultura.

Cadeia produtiva do algodão terá linha de financiamento para estocagem do produto.

Um dos setores mais atingidos pela queda no consumo gerada pela pandemia da covid-19, a cotonicultura, assim como o setor sucroenergético, teve atenção especial do governo no escopo do Plano Safra 2020/21, avalia a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa).

"Para os cotonicultores, a boa notícia foi o aumento do limite por CPF para o crédito para investimento em armazenagem dos estoques atuais, que antes era de R$ 4,8 milhões e passa a ser de R$ 32,5 milhões, com juros de 6% ao ano. A partir de agora, esse limite será igual seja para CNPJ ou CPF", diz a entidade em nota. De acordo com a Abrapa, os produtores de algodão consideraram a notícia extremamente positiva, mas, para celebrarem, dependem ainda da regulamentação e da forma como os bancos irão estabelecer o acesso ao crédito.

“Este incremento no volume do crédito chega em excelente hora, pois o consumo de algodão será menor, no mundo e no Brasil, em função da pandemia. Uma situação assim, coincidindo com preços em baixa e uma grande safra – que estamos começando a colher agora no Centro-Oeste -, indica que teremos mais estoques de passagem e precisamos armazenar, até para vender melhor o nosso produto”, analisa Milton Garbugio, presidente da Abrapa.

Contudo, o dirigente teme que, na prática, o produtor não consiga acessar plenamente os recursos disponíveis. “Tudo vai depender do entendimento dos bancos quanto à análise de endividamento do produtor, de acordo com o que será normatizado. O ideal será que o produto seja a própria garantia do crédito”, pontua.

Outra novidade desta edição do Plano Safra é que a linha de crédito rural para armazenamento, o Financiamento para Garantia de Preço ao Produtor (FGPP), derivada do antigo Empréstimo do Governo Federal (EGF), atendendo a um pleito da Abrapa, equiparou CPF e CNPJ em relação ao limite financiado. “Isso torna o Plano Safra mais adequado à realidade do setor”, afirma o presidente.

FONTE: DATAGRO.


TAGS medidas , plano safra , dedicadas , cotonicultura , aprovação


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2020
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.