busca
| | |




Você está em
autor Douglas Carreson
05/04/2018 17:42:12 - Atualizado em 05/04/2018 17:42:12 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Economia

Início de mês e chuva dificultam programação de abate

Início de mês e excesso de chuva dificultam programação de abate dos frigoríficos.

Com o início do mês e o recebimento de salários, parte das indústrias atuou no mercado com mais determinação na última terça-feira (3/4), a fim de alongar as programações de abate.

Em algumas regiões ao Norte do país, o excesso de chuvas dificulta o transporte das boiadas e, caso ocorra uma melhora sazonal da demanda, na primeira quinzena do mês, o mercado poderá ganhar força.

Entretanto, a oferta de bovinos terminados deverá aumentar (descarte de fêmeas), o que poderá limitar a alta da arroba.

Caso o escoamento da carne bovina continue lento, e este tem sido o quadro desde o início do ano, o aumento na oferta de animais deve pressionar o mercado e manter o ritmo de preço da arroba.

Na média de todas as praças monitoradas pela Scot Consultoria, desde o início do ano a cotação da arroba do boi gordo caiu 2,6%, considerando o preço à vista.

No mercado atacadista de carne bovina com osso os preços estão estáveis. O boi casado de animais castrados ficou cotado, em média, em R$9,23/kg.

#programação #abate #frigoríficos #oferta #demanda

Fonte: Scot Consultoria. Por: Felippe Reis.


TAGS Programação , abate , frigoríficos , oferta , demanda


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2018
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.