busca
| | |




Você está em
autor Carine Colim
06/07/2020 09:22:37 - Atualizado em 06/07/2020 09:22:37 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Agricultura e Pecuária

Cofco quer rastrear 100% da soja brasileira

Cofco quer rastrear 100% da soja brasileira de origem direta até 2023.

A Cofco International, plataforma de negócios agrícolas no exterior da Cofco Corporation, a maior empresa de alimentos e agricultura da China, pretende rastrear 100% da soja brasileira de origem direta até 2023, incluindo verificação por um órgão independente.

A meta faz parte do terceiro relatório anual de sustentabilidade, intitulado “Ação para uma Agricultura Sustentável”, divulgado ontem (1º). Em 2019, a Cofco International negociou cerca de 110 milhões de toneladas de commodities, alcançando uma receita de US$ 31 bilhões.

A empresa destaca também a formalização de um empréstimo de US$ 2,3 bilhões vinculado à sustentabilidade, realizado em parceria com um consórcio de 21 bancos ao redor do mundo. O empréstimo prevê um desconto nos juros com base no desempenho.

O relatório mostra, ainda o mapeamento e riscos ambientais e sociais de 5,2 milhões de hectares de fazendas de soja na América Latina. O reflorestamento também é destaque, com o plantio de 240 mil árvores em uma área de 850 hectares da empresa destinadas à conservação e, desde 2001, cerca de 1,85 milhão de árvores nativas plantadas nos nossos campos de cana-de-açúcar e ao redor deles desde 2001.

Na questão hídrica, a empresa reaproveitou 74% das águas residuais na irrigação e em fertilizantes naturais, além de estabelecer nova meta de melhorar a eficiência de água industrial em 10% até 2025. Além disso, o documento relata uma redução, respectivamente, de 48% e 31% no índice de incidentes com afastamento de contratados e funcionários.

"Em 2019, continuamos a fazer bons progressos em nossa jornada de sustentabilidade, enquanto aprimoramos nosso foco com novas metas que abrangem todos os aspectos de nossa estratégia", afirma Wei Peng, head de sustentabilidade da COFCO International.

A empresa já alcançou o objetivo de 100% de rastreabilidade da soja brasileira de origem direta em 25 municípios prioritários do bioma Cerrado, uma regiões em que a empresa tem focado suas ações de sustentabilidade.

Em 2019, cerca de 70% da soja originada pela Cofco International nas regiões de Mato Grosso e Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) veio de fornecedores diretos. No caso do biodiesel, 50 mil pequenos produtores de soja se beneficiaram com o programa de biodiesel Selo Combustível Social no Brasil da companhia (Broadcast, 2/7/20).

FOTO: REUTERS.


TAGS cofco quer rastrear , soja brasileira , origem direta , Plataforma , negócios agricolas


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2020
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.