busca
| | |




Você está em
autor Otavio Culler
08/08/2019 15:46:27 - Atualizado em 08/08/2019 15:46:27 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Agricultura e Pecuária

Soja foi prejudicada por restrições do clima

Soja foi prejudicada por restrições de chuvas e altas temperaturas segundo o IBGE.

Em contrapartida, houve aumentos relevantes nas produções do Mato Grosso e do Rio Grande do Sul.

A colheita da soja foi concluída na maioria dos Estados, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São aguardados apenas reajustes da produção nos próximos levantamentos. Em julho, foi estimada produção de 113,2 milhões de toneladas da leguminosa, um aumento de 0,5% em relação ao mês anterior e queda de 4% em relação a 2018.

Em comparação ao ano anterior, as reduções mais expressivas foram registradas na Bahia (-15,8% ou 986 mil toneladas), Minas Gerais (-7,2% ou 393,2 mil toneladas), São Paulo (-11,5% ou 393,1 mil toneladas), Paraná (-15,9% ou 3,1 milhões de toneladas), Mato Grosso do Sul (-14,8% ou 1,5 milhão de toneladas) e Goiás (-5,4% ou 606,0 mil toneladas).

"As lavouras foram prejudicadas pelas restrições de chuvas e elevadas temperaturas ao final do ciclo da cultura nesses estados. Em contrapartida, houve aumentos relevantes nas produções do Mato Grosso (3,1% ou 983,4 mil toneladas) e do Rio Grande do Sul (5,4% ou 948,8 mil toneladas)", informou o IBGE em comunicado.

FONTE: ESTADÃO CONTEÚDO.


TAGS soja , prejudicada , restrições , chuvas , altas temperaturas


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2019
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.