busca
| | |




Você está em
autor Carine Colim
04/11/2018 23:07:43 - Atualizado em 04/11/2018 23:07:43 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Agricultura e Pecuária

Métodos para eliminar a paquinha de horta do alface

Receita caseira para ser usada contra o inseto.

A paquinha (Neocurtilla hexadactyla) é um inseto da ordem Orthoptera, a mesma dos grilos e dos gafanhotos. Pequena, com menos de 5 centímetros, possui o primeiro par de pernas adaptado para cavar o solo. De hábitos noturnos, vive enterrada e se alimenta das raízes das plantas e de matéria orgânica em decomposição.

Como o controle com pulverização de inseticidas é muito difícil e antieconômico, em mudas recém-transplantadas de alface no campo indica-se o uso de iscas tóxicas feitas com 1 quilo de farelo de trigo, 100 mililitros de óleo de nim, 200 gramas de açúcar ou melaço e 500 mililitros de água. Misture tudo em um recipiente até formar uma massa, que deve ser enrolada em forma de bolinhas de 2 a 3 centímetros com uso de luvas, devido à presença do inseticida.

Ao cair da noite, enterre superficialmente as iscas próximas às plantas, para atrair pelo cheiro de melaço e do trigo as paquinhas que se envenenarão com o óleo de nim. Armadilhas também podem ser feitas com garrafas PET cortadas ao meio e enterradas próximas às plantas, contendo água e algumas gotas de detergente para o inseto se afogar.

A calda repelente mais usada para paquinhas é a de pimenta, que é curtida em um frasco de plástico por cerca de duas semanas. Em seguida, coe e dilua o líquido na proporção de 50 mililitros de calda para 20 litros de água. Pulverize sempre no fim da tarde, para evitar a queima das plantas com a calda.

CONSULTOR: JORGE ANDERSON GUIMARÃES, entomologista e pesquisador da Embrapa Hortaliças, Rod. Brasília/Anápolis, BR 060, Caixa Postal 218, CEP 70359-970, Brasília (DF), tel. (61) 3385-9110, www.embrapa.br/fale-conosco

Fonte: Revista Globo Rural. Por: João Mathias.


TAGS Como , eliminar , paquinha , horta , alface


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2018
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.