busca
| | |




Você está em
autor Otavio Culler
22/08/2018 09:28:53 - Atualizado em 22/08/2018 09:31:46 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Agricultura e Pecuária

Caminho para a transformação da agricultura

O Brasil atravessa um dos momentos mais desafiadores das últimas décadas. As empresas estão em grande movimento para encontrar alternativas e caminhos para atingir seus objetivos. Na Copérdia não é diferente, constantemente, a cooperativa trabalha para levar até os produtores informações confiáveis e seguras. Um exemplo disso é o Seminário de Agricultura que, neste ano, chegou a sexta edição.

O evento aconteceu nas cidades de Capinzal e Canoinhas, respectivamente. Na oportunidade, aconteceram duas palestras. A primeira conduzida pelo engenheiro agrônomo e professor da Universidade Regional Integrada de Frederico Westphalen, Alexandre Gazolla Neto, com foco no manejo, plantabilidade e qualidade de sementes para altos rendimentos de grãos. E a segunda com ênfase no manejo de solo para sustentar elevada produtividade de grãos com o engenheiro agrônomo e professor da Universidade de Santa Maria, Telmo Jorge Amado. Aproximadamente 280 pessoas prestigiaram os eventos.

Segundo Alexandre Gazolla Neto o principal desafio do produtor de grãos no dia de hoje é conseguir alta produtividade mantendo uma boa rentabilidade no sistema de produção. “Vejo muitos casos de produtores conseguindo produzir altos tetos, tendo altos índices de rendimento de grãos, porém, com custo alto. Então o que nós palestrantes trouxemos para o Seminário de Agricultura deste ano foram técnicas de manejo para que o produtor consiga produzir mais gastando menos e tendo maior rentabilidade”, pontuou.

“O produtor precisa se preocupar com todo seu sistema de produção. Pós-colheita de soja, por exemplo, a preocupação dele está com o que ele vai colocar nesta área, mas o correto é ele pensar no conjunto todo. Em todos os meses do ano ele precisa estar preocupado com o solo, isso vai ajudar ele a ter ótimos índices de rendimentos na cultura escolhida. Hoje o principal ponto para alto rendimento é ter stand de plantas (população de plantas), ou seja, ter um stand uniforme com vigor e para isso ele precisa de uma semente com altos índices de germinação, alto vigor e bem tratada”, finalizou Gazolla.

O associado José Francisco Koggi de Bela Vista do Toldo é um produtor de soja e melancia, ele esteve participando pela primeira vez do seminário e elogiou o evento. “Gostei muito, os palestrantes trouxeram muitas informações relevantes que estão diretamente ligadas a nossa rentabilidade. Me chamou atenção a parte de manejo de solo, percebo que não estamos dando a devida atenção. Parabenizo a Copérdia pela iniciativa de trazer esses eventos ao Planalto Norte. Além disso, a cooperativa também nos disponibiliza assistência técnica de qualidade e preços competitivos nos produtos que comercializa. E as sobras líquidas são sem dúvida nenhuma o principal incentivo”, pontou Koggi.

Concurso de Altas Produtividades

Ao final das palestras no Seminário de Agricultura em Canoinhas, também foi realizada a entrega de uma premiação aos produtores e técnicos do Planalto Norte que obtiveram os melhores rendimentos na cultura da soja na última safra. Entre os pré-requisitos para fazer parte deste concurso está o uso de Sementes Copérdia. Os vencedores foram premiados com um final de semana no Hotel Itá Thermas Resort e SPA.

Confira quem foram os premiados:

3° lugar

Produtor: Darci Becker;

Produtividade: 84,2 s/ha;

Técnico: Adriano de Paula Santos.

2° lugar

Produtor: Sidnei Paulo Woichikoski;

Produtividade: 88,6 s/ha;

Técnico: Ademir Koppes.

1° lugar

Produtor: Thiago Moacir Primm;

Produtividade: 107,7 s/ha;

Técnico: Odirlei Pruchneski.

Darci Becker, associado da cooperativa, esteve entre os premiados e destacou que iniciativas assim contribuem para o desenvolvimento do associado. “Incentiva os produtores e serem mais eficientes, usar produtos recomendados pela cooperativa e explorar ainda mais a assistência técnica”, finalizou Becker.

Ademar da Silva, primeiro vice-presidente da Copérdia, esteve no Planalto Norte prestigiando o Seminário de Agricultura, segundo ele o aumento nas produtividades de grãos nas lavouras estão ligados a eventos como esse. “Certamente essas informações que colocamos à disposição do nosso quadro social através de eventos assim repercutem positivamente na sua propriedade. Esse é o nosso compromisso enquanto cooperativa e certamente o desenvolvimento dos associados sempre estará em nossa pauta com uma atenção especial”, finalizou.

Veja aqui as cotações completas do agro

Fonte:

Assessoria de Imprensa Copérdia, disponível no Portal do Sistema FECOAGRO.

Texto originalmente publicado em:

Portal do Sistema FECOAGRO.

Autor:

Imprensa Copérdia.


TAGS caminho , transformação , Agricultura , Brasil , empresas


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2018
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.