busca
| | |




Você está em
autor Cristina Crispa
07/08/2018 09:47:25 - Atualizado em 07/08/2018 09:47:25 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Agricultura e Pecuária

Por que usar pastejo rotacionado?

O pastejo rotacionado consiste na divisão da área de pastagem em piquetes, que são submetidos a períodos alternados de pastejo e descanso. A utilização deste sistema pode trazer muitos benefícios ao sistema produtivo como um todo e, por isso, tem sido cada vez mais recomendada sua utilização.

O objetivo do sistema de pastejo é fornecer alimento de forma constante, o ano todo, para os animais. Consequentemente, deve-se aumentar o rendimento forrageiro por unidade de área, ou seja, é necessário produzir mais em menor área. Deve-se também reduzir a degradação, ou seja, esse sistema tem que ter longevidade. Além disso, o sistema deve buscar conservar a fertilidade do solo.

Observa-se, então, que o sistema de pastejo sofre a influência do clima, da planta, do solo, do animal e o manejo é uma ferramenta para entender as intempéries e as dificuldades encontradas.

Comida para o animal

Em primeiro lugar e acima de tudo, o sistema de lotação rotacionada é comida para o animal. Dessa forma, esse alimento precisa ser de boa qualidade. Consequentemente, é necessário ter boas condições do solo, sombra para os animais, água limpa e suficiente, cocho para mineralização e manejo.

A maioria dos sistemas de produção a pasto foram estabelecidos em associação com o mau manejo dos componentes solo, planta e animal com rápida degradação do pasto, baixa produtividade animal, reduzindo a competitividade e a lucratividade de empreendimentos pecuários frente às outras alternativas de uso do solo.

Dessa forma, o sistema rotacionado, que respeita a fisiologia do capim, consegue alcançar uma maior longevidade desse pasto. Esse sistema não termina nunca desde que seja feito o manejo correto.

A formação e o manejo das pastagens rotacionadas dependem da escolha das espécies forrageiras, correção da fertilidade do solo, planejamento do pastejo intensivo, divisão dos piquetes, período de descanso e período de pastejo, altura do pasto, ajuste da lotação de animais e adubação de reposição (principalmente nitrogênio).

Por que rotacionar?

O sistema rotacionado foi criado visando principalmente o atendimento das exigências da forrageira, e não o aumento da produção.

Assim, confira nas imagens abaixo alguns dos benefícios do pastejo rotacionado:

Fonte: EducaPoint.


TAGS pastejo , rotacionado , divisão , área , Rebanho


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2018
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.