busca
| | |




Você está em
autor Cristina Crispa
21/06/2019 08:54:53 - Atualizado em 21/06/2019 08:54:53 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Informações Cotações e Análises

Preços da carne bovina sem osso recuam no mercado

Preços da carne bovina sem osso recuam, mas atenção para o curto prazo.

Mesmo com aproximadamente dez dias de suspensão das exportações para o principal país comprador da carne brasileira, os preços da carne bovina estavam andando de lado desde o começo de junho.

Nestes primeiros dias do mês, os frigoríficos conseguiram reajustar com destreza sua produção para não aumentar muito a oferta de carne desossada no mercado doméstico.

Além disso, o consumo mais aquecido devido ao período de recebimento dos salários ajudou a absorver este volume reposicionado.

Mas desde o começo desta semana, a carne bovina sem osso vendida no mercado atacadista perdeu força. Nos últimos sete dias, na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria, os preços caíram 1,1%.

Ou seja, mesmo com a volta da principal via de escoamento no mercado externo, a carne com osso não conseguiu ganhar força. A demanda interna está ruim e dificultando as vendas deste produto.

No mercado atacadista da carne, o produto que tem tido mais liquidez é a carne com osso. Tanto é, que o preço do boi casado tem subido forte nos últimos dias.

Mas para a próxima semana, é provável que o preço da carne desossada reaja, pois os frigoríficos devem buscar reequilibrar suas margens (preços do boi em alta) e, dependendo da intensidade de compra dos chineses, a demanda pela carne desossada também deve crescer.

E como nesta semana temos um feriado (20/6), que significa um dia a menos de abate, a oferta de carne deve diminuir, colaborando para que os preços subam.

Fonte: Scot Consultoria. Por: Marina Zaia.


TAGS preços , carne bovina , sem osso , recuam , Mercado


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2019
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.