busca
| | |




Você está em
autor Cristina Crispa
07/06/2018 16:29:23 - Atualizado em 07/06/2018 16:29:23 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Informações Cotações e Análises

Preços de combustíveis tem aumento em maio

Preços dos combustíveis subiram em maio tanto no atacado quanto no varejo.

Preços de combustíveis pressionam e IGP-DI acelera alta a 1,64% em maio, diz FGV.

Preços dos combustíveis subiram em maio tanto no atacado quanto no varejo na esteira da greve dos caminhoneiros e pressionaram o IGP-DI.

Os preços dos combustíveis subiram em maio tanto no atacado quanto no varejo na esteira da greve dos caminhoneiros e pressionaram o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) para uma alta de 1,64 por cento no mês, de 0,93 por cento em abril, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira. O dado ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters junto a economistas de avanço de 1,41 por cento.

A FGV informou que o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-DI), que responde por 60 por cento do indicador todo, teve alta de 2,35 por cento no período, ante 1,26 por cento em abril.

O resultado do IPA mostrou que os preços dos Bens Finais aceleraram a alta a 1,05 por cento, ante 0,21 em abril, com os preços dos combustíveis para consumo saltando 8,92 por cento no mês, ante 3,05 por cento antes.

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-DI) apresentou maior pressão ao subir 0,41 por cento em maio, ante avanço de 0,34 por cento no mês anterior. O IPC-DI corresponde a 30 por cento do IGP-DI.

O movimento foi impulsionado pela alta de 0,73 por cento em Habitação, ante 0,26 por cento em abril. Também pressionou o avanço de 0,48 por cento em Transportes ante 0,07 por cento em abril, influenciado principalmente pelo aumento de 2,57 por cento nos preços da gasolina em maio.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI) desacelerou a alta a 0,23 por cento, de 0,29 por cento em abril. O IGP-DI é usado como referência para correcções de preços e valores contratuais. Também é diretamente empregado no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e das contas nacionais em geral.

#preços #combustíveis #aumento #atacado #varejo

FONTE: REUTERS.


TAGS preços , combustiveis , aumento , atacado , Varejo


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2018
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.