busca
| | |




Você está em
autor Central Veterinária
24/02/2010 01:02:03 - Atualizado em 24/02/2010 01:02:03 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Anúncios Classificados

Reputação

Venda: verruclin 30 ml 11,00

\"\"

 

No tratamento da Papilomatose (figueiras, verrugas) dos bovinos, caprinos, ovinos e cães.


Detalhes:
Dosagem:
- Bovinos (independente de raça, desde que com mais de 100 kg de peso): aplicar por via subcutânea (embaixo da pele) 10 ml de três em três dias, no total de três aplicações. Em casos mais graves, repetir o tratamento após uma semana.
- Terneiros: para aqueles com menos de 100 kg de peso, seguir a posologia para animais de pequeno porte; em casos de terneiros com mais de 100 kg de peso, seguir a posologia para bovinos adultos.
- Animais de pequeno porte (cães, caprinos e ovinos): aplicar por via subcutânea (embaixo da pele) 1 ml para cada 10 kg de peso vivo de três em três dias, no total de três aplicações.
- Em papilomas de mama, pode ser feito também uso tópico como tratamento adicional.

- REPETIÇÃO DE TRATAMENTO: No período de até 10 dias deve haver algum sinal de melhora dos papilomas, como diminuição do volume dos mesmos e/ou queda. Nos casos em que isto não ocorra, um segundo tratamento é indicado, nos mesmos moldes do primeiro (normalmente casos em que o animal tenha muitos papilomas ou papilomas muito grandes).

Administração:
Injetável: VIA SUBCUTÂNEA. Quando o uso for TÓPICO: fazê-lo diariamente, com a utilização de pincel (pincelagens). Esta aplicação tópica deve inclusive abranger uma área um pouco maior em torno do papiloma, para aumentar a superfície de absorção. Nunca fixar algodão ou bandagem embebida da solução, porque o álcool provocaria assaduras e/ou forte irritação do tecido cutâneo abaixo da compressa.

Precauções:
- CASOS REFRATÁRIOS AO TRATAMENTO: Onde não haja nenhuma reação favorável à cura, desde que os animais sejam submetidos a uma boa nutrição (inclusive, e de muita importância, a nível de macro e microelementos minerais), deve-se considerar a possibilidade do animal ser portador de deficiência de atividade do sistema imune (verificar o envolvimento de animais parentais).
- O produto é contra-indicado em animais que se apresentem caquéticos, ou com comprometimento das funções renal e/ou hepática, em animais anêmicos e hipoproteinêmicos.
- Não aplicar mais do que 10 ml por ponto de aplicação, quando a via utilizada for a subcutânea.
- Nunca fixar algodão ou bandagem embebida da solução para uso tópico, porque o álcool provocaria assaduras e/ou forte irritação do tecido cutâneo abaixo da compressa.
- Eventualmente o produto pode levar a reações locais inflamatórias, no ponto de aplicação, basicamente em função de uma ação irritativa do álcool, após sua deposição no espaço subcutâneo.
- FÊMEAS PRENHES: Não utilizar doses elevadas, pois a placenta é permeável ao Clorobutanol (apesar da literatura informar que, em doses sub-hipnóticas, o efeito depressor sobre o feto é muito pequeno).
- Em casos de reconhecida sensibilidade alérgica ao(s) componente(s) da fórmula.
- IDADE: O fabricante não indica a utilização do produto em animais com idade inferior a três meses.
- Suspender o tratamento 72 horas entre a última aplicação e o abate de animais para consumo de sua carne, como também para a utilização do leite de animais em lactação.
- Sobredoses cursam com sinais de perda de coordenação motora progressiva, diminuição de reflexos e, em casos extremos, depressão respiratória a nível de SNC. Para efeito de tratamento, não existe medicação específica (ou seja, não há antídoto), sendo o mesmo sintomático. Pode-se recomendar (basicamente o tratamento é o mesmo daquele utilizado em casos de intoxicação por barbitúricos): entubação endotraqueal e respiração assistida (em casos extremos); lavagem gástrica (se a ingestão for oral) com permanganato de potássio (1:10.000), ou com carvão ativado; controlar eletrólitos, pH e reserva alcalina, mantendo seu equilíbrio com perfusões adequadas; tratamento iminentemente sintomático (choque, coma, complicações); forçar diurese e manter aquecimento.
 


TAGS


Galeria de Imagens

Informações de Contato

Visualizar informações de contato

Comentários



Agron © 2017
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.