busca
| | |




Você está em
autor Luiz
23/01/2010 22:17:20 - Atualizado em 23/01/2010 22:24:06 cadastre sua notícia/anúncio grátis

Notícias Notícia

Varejo: grandes redes planejam fortes investimentos

O Grupo Pão de Açúcar anunciou ontem o maior plano de investimento da história da empresa, que é líder do setor varejista e encerrou o ano passado com faturamento bruto de R$ 26 bilhões, incluindo as vendas do Ponto Frio. No triênio 2010 a 2012, a companhia comandada pelo empresário Abilio Diniz vai investir R$ 5 bilhões na abertura de 300 lojas de varejo de supermercados, postos de combustíveis, drogarias, infraestrutura e logística. Os rivais Carrefour e Walmart também anunciaram investimentos recordes para este ano.

O vice-presidente de Operações sênior do Grupo, Enéas Pestana, admite que o investimento poderá superar os R$ 5 bilhões previstos , já que o plano não considera as expansões do Ponto Frio e das Casas Bahia e o comércio online. A perspectiva é de que a unidade de negócio pontocom faça abertura de capital no primeiro semestre do ano que vem.

"Estamos muito otimistas para 2010", disse o executivo. Além do aumento da renda e do emprego, ele ressaltou que a Copa do Mundo, a eleição presidencial e o crescimento do mercado imobiliário são fatores que vão impulsionar o varejo em 2010. Só neste ano serão inauguradas 100 lojas, com a abertura de 10 mil postos diretos de trabalho. Ao fim do triênio, o grupo deve gerar 100 mil empregos diretos e indiretos.

O foco dos investimentos do Grupo Pão de Açúcar será a região Nordeste, o segundo maior mercado consumidor do País. A expansão será feita especialmente por meio de lojas de vizinhança, que levam as bandeiras Extra Fácil e Extra Supermercado, e no modelo batizado de "atacarejo", que é uma mistura de atacado com varejo, voltado para os pequenos comerciantes, como vendedores de cachorro quente. Nesse caso, a bandeira do grupo é a Assai.

O Carrefour também anunciou ontem que vai aplicar R$ 2,5 bilhões no biênio 2010/2011, segundo o diretor Financeiro da companhia, Daniel Magalhães. Neste ano, serão aplicados R$ 1,250 bilhão. No ano passado, os investimentos somaram R$ 1 bilhão.

"Excluindo a compra da rede Atacadão em 2007 por R$ 2,2 bilhões, os investimentos em expansão para este ano serão recordes", disse o executivo. Magalhães adiantou que o foco da expansão será as regiões Norte e Nordeste e que a marca Atacadão deverá absorver a maior fatia dos recursos. "Neste trimestre, vamos abrir um novo centro de distribuição em Manaus."

No mês passado foi a vez do Walmart, o maior varejista do mundo, anunciar os planos para este ano. A companhia vai aplicar R$ 2,2 bilhões em 2010. O presidente da companhia no Brasil, Héctor Núnez, disse, na época da divulgação, que é o maior aporte de capital no País desde que a empresa iniciou a operação no Brasil, há 14 anos. Além disso, é uma cifra quase 40% superior à que foi investida em 2009 (R$ 1,6 bilhão). Também o foco da rede será as classes de menor renda C, D e E. Das 104 novas lojas previstas para este ano, mais da metade delas serão das bandeiras Todo Dia (varejo) e Maxxi (atacado).

"O Nordeste será o campo de batalha das redes", observou Eugênio Foganholo, consultor da Mixxer Empresarial. Além dos ganhos de renda obtidos pela população local, ele ressaltou que pesquisas indicam que o Nordeste é a região com menor presença de grandes redes de supermercados.

Fonte: Márcia De Chiara, ornal O Estado de S.Paulo


TAGS


Galeria de Imagens


Comentários



Agron © 2016
Agronegócios online
Desenvolvido por Agron sob consultoria especializada criodigital | todos os direitos reservados.